09/01/2017 14h43

Varejo fecha 2016 com a maior queda em 16 anos, diz Serasa

Maior queda partiu do comércio de veículos, motos e peças, de 13%.

 
Produção de veículos no Brasil (Foto: REUTERS/Nigel Roddis)
Produção de veículos no Brasil (Foto: REUTERS/Nigel Roddis)

O movimento dos consumidores nas lojas de todo o país caiu 6,6% em 2016, na comparação com o ano anterior, de acordo com levantamento da Serasa Experian. Este foi o pior resultado do varejo da série histórica do indicador, que teve início há 16 anos. A maior baixa até então, de 4,9%, havia sido registrada em 2002.

Entre todos os segmentos analisados pela Serasa, a maior queda partiu do comércio de veículos, motos e peças, de 13%, seguida por tecidos, vestuário, calçados e acessórios (12,6%), além de móveis, eletroeletrônicos e equipamentos de informática ( 11,1%).

Também mostraram resultados negativos lojas de material de construção (-5,4%) e supermercados, hipermercados, alimentos e bebidas (-7%). Somente o segmento de combustíveis e lubrificantes mostrou alta de 1,8%.

Segundo a avaliação dos economistas da Serasa Experian, as dificuldades enfrentadas pelos consumidores durante 2016, como "juros altos nos crediários, desemprego em alta, confiança ainda em patamar deprimido", impactou negativamente o setor.

Fonte: Serasa Experian


Envie seu Comentário

Anuncie | Contato | Expediente | Política de Privacidade

Este material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído. Copyright 2011 © Conesul News - Todos os direitos reservados. Desenvolvido por: Lobo Tecnologia&Internet