Menu
Busca quinta, 26 de novembro de 2020

Ameaça de matar Eloá era blefe, diz Lindemberg

Ameaça de matar Eloá era blefe, diz Lindemberg

16 fevereiro 2012 - 15h50
Folha


Lindemberg Alves Fernandes afirmou durante seu julgamento nesta quarta-feira que estava blefando quando dizia que ia matar a ex-namorada Eloá Pimentel. O rapaz é acusado de matar Eloá após mantê-la em cárcere privado por mais de cem horas, em outubro de 2008.

Questionado pela acusação sobre gravações em que ele aparece dizendo que mataria a ex-namorada, Lindemberg disse que fez as ameaças para manter a polícia afastada do apartamento.

O réu afirma que o crime não foi premeditado. Segundo o rapaz houve a explosão provocada pela polícia no momento da invasão, e Eloá se levantou do sofá. "Sem pensar, atirei", disse Lindemberg. Ele diz que achou que Eloá tentaria desarmá-lo.

As perguntas da promotora Daniela Hashimoto começaram por volta das 16h, depois que o réu deu seu depoimento à juíza. Hashimoto buscou contradições na versão de Lindemberg e insistiu em questiona-lo sobre momentos em que ele poderia ter se entregado.

Em todos os momentos, Lindemberg afirmou que não se sentia seguro para deixar o apartamento e não confiava na polícia. O réu disse ainda que o temor em relação aos policiais era compartilhado por Eloá e a amiga dela Nayara Rodrigues, também mantida presa no imóvel.

Ainda segundo o réu, pouco antes da invasão da polícia ao apartamento, ele sentia que havia um momento propício apara se entregar. Entretanto, a irmã dele foi afastada pelos policiais do local, assim como a imprensa, o que gerou desconfiança.

Lindemberg responde por 12 crime. Além do homicídio contra Eloá, ele é acusado por tentativa de homicídio (contra Nayara --amiga de Eloá-- e contra o sargento Atos Valeriano), cárcere privado (contra Eloá, contra os dois amigos dela e duas vezes contra Nayara, por ter retornado ao cativeiro) e por disparos de arma de fogo. Este é o terceiro dia de seu julgamento, que acontece em Santo André (Grande SP).

Deixe seu Comentário

Leia Também

DIREITOS HUMANOS
Mídia é parceira no combate violência para mulher, dizem especialistas
JUSTIÇA
2ª Câmara Criminal mantém sentença de condenado por tráfico de drogas
COTAÇÃO
Dólar fecha em queda e cai a R$ 5,32
REGIÃO
Polícia Militar prende autor de ameaça com simulacro em Paranaíba