Menu
Busca segunda, 26 de outubro de 2020
MS

Bombeiros de MS ficam entre os 6 melhores em seletiva para mundial

13 julho 2016 - 11h00Por G1
Experiência, integração e o 6º melhor salvamento veicular entre os 22 estados do país. Esse foi o resultado do trabalho dos bombeiros e médicos de Mato Grosso do Sul que participaram da seletiva nacional para o campeonato mundial de salvamento veicular e trauma, o WRC (World Rescue Challengue. O 1º Desafio Nacional foi na Escola Superior de Bombeiros (ESB) em São Paulo e terminou no sábado (9).

Os dois primeiros colocados garantiram vaga para a etapa mundial e Mato Grosso do Sul ainda tem chances de se classificar graças ao bom desempenho das duas equipes na seletiva.

Além do 6º lugar geral em salvamento veicular da equipe B e 7º da equipe A, o estado também ficou em 5º na prova de salvamento complexo, em 2º lugar na prova de resgate veicular standard, 3º lugar na prova de trauma standard e 2º lugar na prova de trauma complexo, que teve 21 competidores.

O sargento Hamilton Júnior, técnico em saúde da equipe, disse ao G1 que o resultado superou expectativas, já que foi a primeira vez que o estado participou da seletiva nacional.

Na mala, eles trazem experiência e vontade de continuar no caminho do aperfeiçoamento.
"Além da classificação, trouxemos a experiência de ver outros estados atuando no cenário de salvamento veicular e uma realidade a nível de Brasil e internacional também porque os avaliadores foram todos de Portugal, que são os atuais campeões. No final de cada prova, eles avaliavam os pontos a melhorar e disseram que Mato Groso do Sul está no caminho certo. Os próprios avaliadores disseram que é uma equipe a ser batida", explicou o sargento.

Ainda segundo ele, a humanização do atendimento da equipe foi um dos pontos elogiados pela organização.
Durante a seletiva nacional, duas equipes garantiram vaga para o mundial. Por ser país sede da competição, o Brasil pode escolher outras equipes classificadas na seletiva nacional para preencher as vagas que sobrarem, já que alguns países que tinham direito a mais vagas confirmaram apenas uma equipe.

O sargento Hamilton explicou ao G1 que a equipe tem boas chances de conseguir classificação. "A coordenação da Associação Brasileira de Resgate orientou que a gente continuasse os treinos para o mundial, principalmente porque tem que ter intérprete para inglês ou espanhol. O comandante e o médico tem que falar, por isso o intérprete ajuda, e são comandos mais curtos, tem que entender o que os técnicos querem", falou.

Interação
Cada equipe tem 7 integrantes, entre bombeiros e médicos, e a interação dos profissionais é um dos critérios avaliados pelos juízes. Atualmente, o Corpo de Bombeiros de Mato Grosso do Sul não tem médicos, por isso, foram chamados profissionais do Samu e da CCR MSvia, concessionária que administra a BR-163 no estado, para integrar as equipes.

O médico Stephen Reverdito, coordenador do Atendimento Pré-Hospitalar (APH) da CCR MSVia ressalta que a interação entre as corporações é um dos principais ganhos.

"A experiência é monstruosa em vários sentidos. São equipamentos novos que a gente pode trazer e aplicar para a segurança do socorrista e das vítimas, tem a experiência de fazer a retirada da vítima de um jeito que é aplicado fora do Brasil, em ângulo zero, preservando a coluna da vítima, além do conhecimento muito grande, aprendendo técnicas novas para abrir a porta de carro, por exemplo. Cada um dos profissionais que participaram vai trazer conhecimento para a sua corporação e vamos continuar os treinamentos pra gente continuar integrado e criar um padrão de atendimento", explicou Reverdito.

Ele lembra ainda que durante a competição, as 22 equipes participantes trocavam informações e técnicas e disse que, caso as equipes de MS não se classifiquem para o mundial, muitos pretendem acompanhar a competição como espectadores, para conhecerem de perto as técnicas mundiais. O WRC será em outubro, em Curitiba.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PANDEMIA
Com novos testes positivos, casos de Covid-19 continuam crescendo em todo o MS
TRÁFICO
Motorista de guincho suspeita de contratante, aciona polícia e droga é encontrada dentro de carro em MS
SERVIDOR
Sonho que virou realidade, piloto da PM tem orgulho em servir a sociedade
CRIME AMBIENTAL
Polícia Militar Ambiental de Mundo Novo localiza e autua um pescador e autuará outro que divulgaram vídeo e fotos nas redes sociais praticando pesca predatória