Menu
Busca segunda, 06 de abril de 2020
Brasil&Mundo

Brasil encara Peru em decisão particular de Neymar por 'melhor do mundo'

17 novembro 2015 - 12h29Por Fonte: douradosnews
Pressionada e diante de seu pior início da história nas Eliminatórias, a seleção brasileira entra em campo nesta terça-feira para um confronto com ares decisivos com o Peru. O jogo das 21h (MS), na Arena Fonte Nova (Salvador), é importante para o time, para Dunga e, especialmente, para Neymar.

De olho em uma vaga entre os finalistas do prêmio de melhor do mundo da Fifa, o atacante brasileiro fará sua última exibição antes do final da votação que envolve jornalistas, técnicos e capitães de todas as seleções. Os envolvidos devem enviar suas escolhas até a próxima sexta-feira, dia 20.

Calado e evitando a imprensa desde que se apresentou à seleção neste retorno, Neymar não fala sobre o assunto. O estafe do atleta, no entanto, não esconde a expectativa e sabe da importância do jogo desta terça para o objetivo de, enfim, aparecer na possível lista ao lado de Messi e Cristiano Ronaldo.

As pessoas próximas ao craque recordam ainda o ano de 2013 para justificar tanta expectativa. Na ocasião, às vésperas do encerramento da votação, Cristiano Ronaldo marcou três gols na vitória por 3 a 2 da seleção portuguesa contra a Suécia, classificou a equipe para a Copa 2014 e faturou o prêmio de melhor jogador do mundo na sequência.

Em agosto, Messi faturou o prêmio de melhor jogador da Europa na temporada 2014/15, com Cristiano Ronaldo e Luis Suárez em segundo e terceiro lugar, respectivamente. O fato desanimou Neymar e seu estafe. No entanto, com a lesão recente do argentino e o brilho do brasileiro ao liderar o Barcelona nos últimos jogos, a expectativa voltou.

Agora é aguardar o desempenho do camisa 10 da seleção brasileira nesta quarta e aguardar. Em favor de Neymar, pesa o fato de Messi, Cristiano Ronaldo, Luis Suárez e outros possíveis "rivais" não entrarem mais em campo nesta semana. A memória fresca de uma possível grande atuação nesta quarta ajudaria o brasileiro.

Neymar precisa ainda retomar o brilho na seleção e apagar a imagem deixada na Copa América, quando foi expulso contra a Colômbia, suspenso por quatro jogos e ficou quase cinco meses longe do time. Ele é uma das armas do também pressionado Dunga, que ainda não viu seu time convencer em jogos oficiais neste ano.

"Precisamos vencer, a cobrança é normal. Mas estamos tranquilos. Estamos tentando corrigir as coisas, conversando muito, mostrando vídeos. Agora é guardar energia para a hora do jogo e fazer uma boa partida. Temos que propor o jogo desde o início", comentou o treinador.

Sem David Luiz, suspenso, Gil deverá ser o titular na zaga ao lado de Miranda. Na frente, a tendência é que o técnico lance mão de Douglas Costa na vaga de Ricardo Oliveira, deixando o time com mais mobilidade no ataque. A confirmação, no entanto, só sairá momentos antes de a bola rolar.

Pelo lado do Peru, a grande atração é Paolo Guerrero. Em má fase no Flamengo, o jogador costuma brilhar com a camisa de seu país e já tem um gol nas Eliminatórias.

O time do técnico Ricardo Gareca tem a difícil missão de quebrar um jejum que já dura 30 anos. O Peru não sabe o que é vencer o Brasil desde 1985 – amistoso em Brasília.

BRASIL x PERU

Data e hora: 17/11/2015 (terça-feira), às 21h (MS)

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador (Bahia)

Árbitro: José Buitrago (Colômbia)

Auxiliares: Eduardo Díaz e Wilmar Navarro (ambos da Colômbia)

Transmissão na TV: Globo e Sportv

Brasil - Alison; Daniel Alves, Miranda, Gil e Filipe Luís; Luis Gustavo, Elias, William e Lucas Lima; Douglas Costa e Neymar

Técnico: Dunga

Peru - Diego Penny; Advíncula, Yoshimar Yotún, Carlos Zambrano, Ascues; Carlos Lobatón, Tapia, Yordy Reyna e Farfán; Cueva (Pizarro) e Paolo Guerrero

Técnico: Ricardo Gareca

Deixe seu Comentário

Leia Também

COVID-19
Brasil tem 553 mortes e 12 mil casos confirmados
INFLUENZA
Saúde distribui mais de 300 mil vacinas para municípios na 1ª etapa da campanha nacional
SAÚDE
Secretaria de Saúde confirma segundo óbito por coronavírus em Mato Grosso do Sul
NOTÍCIAS
Governo de MS aguarda decisão sobre empréstimo para 'estender a mão' a empresas