Menu
Busca terça, 19 de janeiro de 2021

Brasil pode tornar-se líder de bioeconomia, diz CNI

16 maio 2012 - 08h23Por Agência Senado
Rico em recursos naturais, o Brasil poderá tornar-se líder na chamada bioeconomia, disse ontem (15) o diretor de Inovação da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Paulo Mól Junior. Mas para isso, alertou, o país deverá facilitar o acesso de pesquisadores ao seu vasto patrimônio genético, a partir do qual poderão ser fabricados novos tipos de fármacos, cosméticos e alimentos.

Em audiência pública sobre o tema “Inovação para a Sustentabilidade”, promovido pela Comissão de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle (CMA), o diretor da CNI observou que o Brasil detém aproximadamente 15% da biodiversidade de todo o planeta. Mas até hoje não chegou a catalogar nem 10% das espécies que existem em seu território.

A dificuldade de se obter uma autorização de pesquisa do Comitê do Patrimônio Genético, advertiu, acaba motivando a pirataria de espécies genéticas e o registro no exterior de produtos obtidos a partir dessas espécies.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Saúde alerta sobre ligações e SMS falsos de cadastro para vacinação
IMUNIZAÇÃO
Primeiros imunizados contra Covid-19 relatam emoção e encorajam população
REGIÃO
Administrador de empresas é autuado por desmatamento ilegal
SAÚDE
Distanciamento continua fundamental, mesmo com vacinação, diz Opas