Menu
Busca sexta, 15 de janeiro de 2021

Campeão em 2011 com ótimo início, Corinthians já se preocupa com derrotas neste Brasileirão

Derrota para o Atlético-MG foi a segunda em duas rodadas de campeonato

28 maio 2012 - 07h46Por ESPN
Para repetir o desempenho de 2011 e ser campeão brasileiro novamente o Corinthians terá que construir uma trajetória bem diferente neste ano. Enquanto na competição passada o time começou com uma arrancada de dez jogos sem perder e 26 pontos conquistados, desta vez já foram duas derrotas seguidas nas primeiras rodadas - para Fluminense e Atlético-MG. Números que preocupam os jogadores alvinegros.

"O campeonato está só começando, mas é bom ligar o alerta porque dois jogos e duas derrotas é complicado", comentou Liedson, que começou na reserva contra o Atlético-MG, neste domingo e foi colocado em campo no segundo tempo.

Leandro Castán lembrou do título brasileiro de 2011. "No Brasileiro a gente foi campeão ano passado e sabemos como é. Tem a chance, precisa aproveitar. Sabemos que é complicado ficar sem pontuar. No ano passado a diferença para o título foram as dez primeiras rodadas."

Diferentemente do ano passado, quando o Corinthians foi eliminado precocemente da Copa Libertadores, pelo Tolima, na fase preliminar, desta vez a campanha no torneio internacional é boa e o time segue vivo, nas semifinais. Fator que pode tirar a concentração corintiana no Brasileirão.

"É complicado se dividir nos dois campeonatos, a gente tem que ter bastante sabedoria. A gente sabe que um campeonato está ligado com outro", opina Castán. "É muito difícil tu pegar uma Libertadores, um jogo muito intenso como o de quarta. Isso não é desculpa, estou só olhando o lado humano. Eu demorei 48h pra dormir normal, tranquilo depois de quarta", completou o técnico Tite.

Mas os corintianos não dão o bicampeonato brasileiro como perdido: eles acreditam que ainda há tempo para se recuperar. "Não vou dizer que começa a preocupar, porque duas derrotas todo mundo vai ter no campeonato", disse o meia Alex.

"No ano passado fizemos 38 jogos e 30 deles na liderança. Vai ser muito difícil alguém bater o recorde em um campeonato tão equilibrado como esse. Agora é retomar a força, fazer um bom jogo em casa", disse Tite, que pensa no Figueirense, adversário do dia 6 de junho, no Pacaembu.

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOTÍCIAS
Negada indenização a comprador de veículo que não comprovou defeito em motor
BRASIL
Fabricante de oxigênio diz enfrentar crise sem precedentes no Amazonas
SAÚDE
Vacina da Oxford-Fiocruz é segura, afirma CTNBio
RIO BRILHANTE
Policiais civis realizam campana, prendem suspeito e apreendem maconha e cocaína