Menu
Busca sábado, 24 de outubro de 2020
Marcha pela paz

Depois de ataques na fronteira, moradores organizam ‘marcha pela paz’

Depois de ataques na fronteira, moradores organizam ‘marcha pela paz’

22 junho 2016 - 08h00Por Fonte: Midiamax
Moradores de Pedro Juan Caballero e Ponta Porã irão se reunir em uma passeata para pedir paz na tarde deste sábado (25). O evento organizado por moradores dos dois lados da fronteira está sendo divulgado nas redes sociais.

Os manifestantes devem se encontrar em Laguna Punta Porã, em Pedro Juan Caballero, para as 13 horas começarem uma passeata até o Parque dos Ervais. No convite, os organizadores pedem que todos compareçam vestindo branco, para exigir paz na cidade paraguaia.

"Estamos cansados de tantas mortes, tanta guerra, exigimos paz em nossa amada cidade Pedro Juan Caballero, vamos provar que é uma cidade de bem", diz o comunicado da ‘marcha pela paz na fronteira’.

Pedro Gonzales Ramírez, governador do departamento de Amambay, defendeu uma ação conjunta entre as policias do Brasil e do Paraguai.

Nesta segunda-feira (20), equipes do Bope (Batalhão de Operações Especiais) foram enviadas a Ponta Porã para reforçar o policiamento na cidade e evitar possíveis ataques no lado brasileiro.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
MS registra 479 novos casos de Covid-19 e faixa etária de 30 a 39 anos é a mais afetada
AQUIDAUANA
Polícia Militar Ambiental autua infrator em R$ 2,3 mil por incêndio em leiras de vegetação proveniente de limpeza
ECONOMIA
Decisão do STF evita perda na arrecadação de R$ 1,2 bilhão, diz Reinaldo Azambuja
DOURADOS
Homem invade casa, tenta estuprar jovem e é detido por populares