Menu
Busca sexta, 18 de setembro de 2020

Dilma edita MP que autoriza uso de dinheiro para pagar pedaladas fiscais

25 dezembro 2015 - 10h00Por FOLHAPRESS
A presidente Dilma Rousseff editou nesta quinta-feira (24) uma medida provisória que autoriza o governo a usar o superavit financeiro registrado em 2014 para quitar parte das despesas de 2015. O dinheiro provavelmente será usado para pagar a dívida com o FGTS e os bancos públicos referentes às chamadas pedaladas fiscais.

As pedaladas foram atrasos dos repasses da União para quitar benefícios sociais e subsídios pagos por bancos públicos. Por causa delas, o TCU (Tribunal de Contas da União) reprovou as contas de Dilma Rousseff em 2014. A reprovação ainda terá de ser apreciada pelo Congresso.

Na terça-feira (22), o ministro Nelson Barbosa (Fazenda) afirmou, durante teleconferência com jornalistas estrangeiros, que o governo vai anunciar na próxima semana como será feito esse pagamento e qual o volume a ser quitado. A dívida total estimada é de R$ 57 bilhões.

A medida provisória, publicada na edição desta quinta-feira do "Diário Oficial da União", não especifica qual o volume de dinheiro que poderá ser retirado do superavit financeiro do ano passado para quitar as despesas obrigatórias de 2015.

Na entrevista com correspondentes estrangeiros, o novo ministro da Fazenda disse que o governo poderia usar esses recursos, que ficam depositados na conta única do Tesouro ou contrair nova dívida (vendendo títulos públicos) para fazer o pagamento.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
Caixa paga auxílio emergencial para 4 milhões nascidos em julho
LOTERIA
Mega-Sena acumula novamente e deve pagar prêmio de R$ 36 milhões
MS
Governo do Estado convoca mais 252 agentes penitenciários
BRASIL
Semana Nacional de Trânsito começa hoje em todo o país