Menu
Busca quarta, 25 de novembro de 2020

Diretor escolar é morto a facadas e tem parte do corpo carbonizado

Diretor escolar é morto a facadas e tem parte do corpo carbonizado

14 fevereiro 2012 - 13h40
G1

Um diretor de uma escola estadual foi assassinado a facadas e teve o corpo parcialmente carbonizado na madrugada deste domingo (12), no município de Peixoto de Azevedo, a 692 km de Cuiabá.

A Polícia Civil informou ao G1 que a vítima tem 42 anos e o corpo foi encontrado na residência, em um sítio, a 10 km da cidade, por volta das 5h. O diretor trabalha na Escola Estadual K A.

A polícia disse que parte da casa também foi queimada. Equipe da perícia informou que o diretor teria levado mais de 10 golpes de faca.

O investigador André Luis Aparecido, que investiga o caso, disse em entrevista ao G1 que a polícia trabalha com a possibilidade de crime de latrocínio (roubo seguido de morte) pelo fato da caminhonete da vítima ter sido levada da residência.

O policial relatou que o veículo foi encontrado em uma estrada a 6 km da casa. No entanto, ninguém foi preso até o momento. O investigador declarou que dois suspeitos estão sendo investigados.

Morte
O boletim de ocorrência registrado pela Polícia Militar aponta que o professor teve todo o rosto praticamente queimado e a lateral do corpo.

Ele foi encontrado pelos policiais caído na porta do quarto. Por conta do fogo, quase todo o teto da residência caiu e não se sabe ainda de que forma o incêndio começou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
Caixa planeja abrir banco digital em seis meses
REGIÃO
Polícia Militar Ambiental de Bonito autua arrendatário de fazenda em R$ 124 mil
JUSTIÇA
Empresa contratada por município receberá somente pelo serviço executado
MS
Procon alerta pais para ficarem atentos à lista de materiais e venda casada