Menu
Busca segunda, 21 de setembro de 2020

Dono de restaurante que explodiu tem alta de hospital no Rio

14 outubro 2011 - 14h50
Terra

O proprietário do Restaurante Filé Carioca, Rogério Amaral, foi liberado na última quinta-feira do Hospital Quinta D'Or, em São Cristóvão, no Rio de Janeiro. Ele foi levado em estado de choque após a explosão do seu estabelecimento na manhã de ontem, que causou a morte de três pessoas e deixou 17 feridas. De acordo com a assessoria do hospital, a família de Amaral estava com medo que ele tivesse um infarto.

Dos 17 feridos na explosão, ocorrida na Praça Tiradentes, centro da cidade, 13 receberam e os outros quatro permanecem em estado delicado, sendo dois graves. Egídio da Costa Neto foi levado ao Hospital Miguel Couto com traumatismo craniano. A explosão destruiu o andar térreo do edifíco, onde estava localizado o estabelecimento.

Daniele Cristina Pereira, 18 anos, e José Roberto, 20 anos, passaram por cirurgias que duraram cerca de quatro horas. Daniele foi internada com trauma de abdome, lesão vascular e ortopédica na perna e traumatismo craniano. O Hospital Souza Aguiar diz que no caso de José Roberto, além de traumatismo craniano e lesão vascular e ortopédica na perna, foram percebidas fraturas de quadril e tórax.

Ontem, os bombeiros encerraram as buscas por outras vítimas por volta das 14h30, depois de serem descartadas possibilidades de pessoas sob os escombros. Cães farejadores foram usados durante as buscas que começaram momentos após a explosão. De acordo com a assessoria do Corpo de Bombeiros, equipes de limpeza ainda trabalham no local.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ESPORTES
Brasileiros faturam três ouros em Aberto Internacional de Paratletismo
MEIO AMBIENTE
Fazendeiros serão autuados por crime ambiental no Pantanal
POLÍTICA
Bolsonaro recebe credenciais de cinco novos embaixadores no Brasil
Documento garante prerrogativas de atuação do diplomata em outro país
NOTÍCIAS
Venda em duplicidade de ingressos para show gera dano moral