Menu
Busca segunda, 06 de julho de 2020
MEIO AMBIENTE

Em 10 anos, venda de carros a diesel e gasolina pode ser proibida

Se depender dos senadores, carros movidos a combustíveis fósseis estão com os dias contados

13 fevereiro 2020 - 18h00Por Correio do Estado

A partir de 1º de janeiro de 2030 estará proibida a venda de veículos novos movidos a combustíveis fósseis no Brasil, e em 2040 nenhum automóvel a gasolina ou diesel poderá circular no País, segundo o Projeto de Lei do senador Ciro Nogueira (PP-PI), aprovado nesta quarta-feira, 12, pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado. O PLS segue agora para votação na Comissão de Meio Ambiente (CMA) da casa.

De acordo com o PLS 304/2017, já existem soluções tecnológicas disponíveis que permitem a substituição da gasolina e do diesel, responsáveis por um sexto das emissões de dióxido de carbono na atmosfera, que leva ao aquecimento global.

Além dos biocombustíveis, já tradicionais no mercado brasileiro, os carros elétricos avançam no mundo todo e aos poucos chegam ao Brasil.

O projeto destaca porém que algumas exceções serão abertas, como automóveis de coleção, veículos oficiais e diplomáticos ou carros de visitantes estrangeiros, que poderão continuar circulando no país, ainda que usem combustíveis fósseis.

O senador afirma em seu texto que o Brasil segue um caminho que já vem sendo traçado por outros países. “O Reino Unido e a França querem proibir a venda de veículos movidos a combustíveis fósseis a partir de 2040, a Índia, a partir de 2030, e a Noruega, já em 2025”, informou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
Saldo da balança comercial de MS no 1º semestre cresce 28,27% e chega a US$ 1,99 bilhão
SAÚDE
São Paulo inicia testes da vacina CoronaVac no dia 20 de julho
ECONOMIA
Caixa isenta linhas do Pronampe de tarifa de abertura de crédito
COSTA RICA
Usina sucroenergética é autuada em R$ 294 mil por incêndio de 294 hectares de lavoura de cana-de-açúcar