Menu
Busca sábado, 28 de novembro de 2020

Grávida com câncer usa "escudo" contra radiação e tem bebê saudável

Grávida com câncer usa "escudo" contra radiação e tem bebê saudável

16 novembro 2011 - 15h10
G1

Uma britânica que passou por um tratamento de câncer durante a gravidez deu à luz um bebê saudável depois de usar um 'escudo' de chumbo para proteger sua barriga durante a radioterapia.
Segundo o Hospital Universitário de Coventry e Warwickshire, Sarah Best, de 30 anos, estava grávida de quatro meses quando descobriu que tinha um tumor maligno na boca.
Na época, não se sabia como ela e o bebê iriam reagir, já que apenas sete mulheres grávidas no mundo haviam passado pelo mesmo tipo de tratamento.
'Foi devastador, porque eu achava que a gravidez deveria ser o momento mais feliz', disse Sarah.
'Você deveria se sentir maravilhosa e eu não me sentia. Eu tinha que lidar com outro tipo de coisa por causa desse câncer.'
Sarah chegou a ser submetida a uma cirurgia pioneira que removeu parte de sua língua, mas o câncer já havia se espalhado por seus nódulos linfáticos.

'Escudo de chumbo'

A equipe liderada pela oncologista Lydia Fresco desenvolveu um escudo de 1,5 tonelada com 5 cm de espessura que protegia a barriga da paciente durante os 32 dias de radioterapia. Ela também passou por seis semanas de quimioterapia.

Inesperadamente, Best entrou em trabalho de parto no último dia do tratamento, um mês antes da data prevista para o nascimento.

Ela foi levada de cadeira de rodas para a maternidade do hospital. O bebê Jake nasceu saudável, com 1,8 kg, de parto normal, no dia 28 de abril.

'Este tipo de tratamento é complexo, na melhor das hipóteses, e muito raramente feito em mulheres grávidas, então trabalhamos o tempo todo muito perto da equipe de obstetrícia', disse o cirurgião Gary Walton.

'Fico feliz que Sarah tenha respondido tão bem ao tratamento, especialmente agora que ela também deve cuidar de Jake.'

Após alguns meses acompanhando o estado de saúde da mãe e do bebê, o hospital decidiu divulgar a história da família nesta terça-feira, por conta da semana da conscientização do câncer de boca. A paciente está agora em remissão do câncer.

'Vamos continuar monitorando Sarah e Jake de perto pelos próximos cinco anos, mas as indicações iniciais são extremamente positivas', disse o médico Manu Vatish.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BOLETIM COVID
Capital registra 1.178 novos casos nas últimas 24 horas
CULTURA
Blues e Rock embalam as lives do Som da Concha deste fim de semana
BOLSA FAMÍLIA
Beneficiários do programa receberão em poupança digital
REGIÃO
Pescador é autuado em R$ 1,5 mil por pescar durante a piracema