Menu
Busca domingo, 25 de outubro de 2020

Harumi e Daniel se enfrentam no primeiro paredão do "BBB16"

25 janeiro 2016 - 09h30Por UOL
Harumi e Daniel estão no primeiro paredão do "BBB16" e disputam a permanência na casa. A eliminação de um dos dois será nesta terça-feira, dia 26 de janeiro.

Antes da formação da berlinda, Pedro Bial anunciou o resultado da votação popular que escolheu os últimos dois participantes que vão concorrer ao prêmio de R$ 1,5 milhão. Geralda e Matheus foram os mais votados pelo público e permanecem na casa. De quebra, o casal ficou imune da votação.

A formação do paredão começou com o anjo Adélia dando a imunidade a Juliana. Em seguida, os líderes Alan, Daniel, Tamiel e Ronan votaram em Harumi. Depois de uma prova de resistência na primeira noite do programa, eles conquistaram a primeira liderança compartilhada da história do programa.

"Chegamos ao mesmo consenso, mas eu digo que escolhi ela porque foi a pessoa que menos se aproximou de todos", afirmou Daniel. "Eles tiveram a leitura deles e eu tô tranquila", retrucou Harumi. Já Ronan disse que acha a jornalista uma competidora forte e Harumi encarou como um elogio.

Daniel foi o mais votado pela casa. A justificativa das pessoas que votaram no participante foi que ele manipulou o grupo dos líderes e combinado votos - prática que foi considerada mal vista pelos confinados.

###Veja como foram os votos da casa:

Harumi votou em Daniel

Adélia votou em Alan

Juliana votou em Alan

Maria Claudia votou em Daniel

Munik votou em Alan

Ana Paula votou em Daniel

Geralda votou em Laércio

Matheus votou em Daniel

Renan votou em Ana Paula

Laércio votou em Adélia

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAMPO GRANDE
Polícia Militar Ambiental prende ladrão pouco depois de pedido de socorro de vítima desesperada por ter sido assalta por homem com pistola
EMPREGO
Pandemia aumenta busca por profissionais autônomos e freelancers no país; veja serviços com maior demanda
AUXÍLIO EMERGENCIAL
3,7 milhões de nascidos em setembro recebem nova parcela neste domingo
SEGURANÇA PÚBLICA
Mato Grosso do Sul reduz índices de violência durante a pandemia