Menu
Busca sexta, 25 de setembro de 2020

Mulher de 89 anos vivia em meio a mofo e sujeira, sem comida e cuidados.

29 dezembro 2011 - 14h20
G1

Dois irmãos foram indiciados pela Polícia Civil do Pará por maus-tratos e por submeter a condições desumanas e degradantes a própria mãe, de 89 anos. Segundo a polícia, vários moradores da região da Vila Joca, em Belém, ligaram para o Disque-Denúncia informando que a idosa era mantida dentro de casa em más condições pelos filhos após eles terem se apropriado de cerca de R$ 6 mil que ela tinha, resultantes da aposentadoria e pensão do marido.

A idosa foi resgatada pela polícia nesta quarta-feira (28), com ajuda de paramédicos do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), que a levaram para um hospital. Na casa, os policiais encontraram a mulher em condições insalubres: as paredes estavam cobertas de mofo e sujeira semelhante a manchas de sangue.

A mulher era mantida em uma rede e não podia sair de casa. Ela apresentava fraturas, era diabética e falava com dificuldade. Os irmãos também são investigados por agressões à idosa.

Segundo a delegada Soranda Nascimento, titular da Delegacia Especializada no Atendimento ao Idoso (Deai), de Belém, os irmãos privavam a mãe de alimentos e cuidados indispensáveis e vão responder pelos crimes previstos no Estatuto do Idoso, podendo até ser presos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PANDEMIA
Internações e óbitos por coronavírus voltam a subir em Mato Grosso do Sul
MEIO AMBIENTE
Força-tarefa conta com mais de 50 homens no combate aos focos de calor no Amolar
SAÚDE
Vacinação contra febre aftosa já imunizou 166 milhões de animais
NOTÍCIAS
Motorista embriagado deve indenizar vítima de acidente de trânsito