Menu
Busca sexta, 25 de setembro de 2020
Brasil&Mundo

Jadson assina contrato com Tianjin Quanjian, da China

18 dezembro 2015 - 20h46Por Fonte: correiodoestado
Jadson não é mais jogador do Corinthians. O meia campeão brasileiro confirmou a sua transferência para o Tianjin Quanjian, da China, com dois anos de contrato. Na manhã desta sexta-feira, o jogador, o Corinthians e o clube chinês assinaram contrato e formalizaram a saída do atleta.

Para contar com Jadson, o Tiajin pagou 5 milhões de euros (R$ 21 milhões), referente à multa rescisória prevista no contrato de Jadson. Na transação, 30% da transferência -cerca de R$ 6 milhões- ficará para os atuais campeões brasileiros.

O clube chinês é comandado por Vanderlei Luxemburgo. O treinador deu aval para os dirigentes chineses oferecerem duas temporadas de contrato. O total, em salários, chega a quase R$ 40 milhões. Com a perspectiva de remuneração quatro vezes acima do que ganha no Corinthians e assegurado até dezembro de 2017, Jadson decidiu pela transferência na última semana.

Como o Tianjin pagou a multa rescisória, o Corinthians ficou de mãos atadas e não pôde tentar segurar o atleta, que foi considerado um dos principais destaques do Brasileiro.

"Quando o clube aceita pagar a multa, você não tem defesa. Não tem o que fazer", declarou o presidente Roberto de Andrade ao jornal "Estado de S.Paulo". "Não teve nem negociação. O Jadson aceitou a proposta, optou por ir e o clube chinês vai pagar a multa rescisória. Os papéis estão tramitando", disse.
O Corinthians já tem um jogador para tentar substituir Jadson. O clube fechou a contratação do meia-atacante Marlone.

O jogador, que se despediu do Sport, vai passar o fim de semana no Rio de Janeiro e chega em São Paulo no início da semana para fazer exames médicos e assinar contrato. A diretoria já está preparando a documentação.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BR 267
Polícia Militar intercepta e apreende duas caminhonetes que seriam utilizadas pelo crime organizado na região de fronteira
ECONOMIA
Pedidos de seguro-desemprego caem 9,3% na primeira metade de setembro
PONTA PORÃ
Polícia Civil prende mulher que forjou o sequestro do próprio neto
JUSTIÇA
Réus condenados no Tribunal do Júri têm recurso negado