Menu
Busca sábado, 16 de janeiro de 2021

Justiça condena casal a 230 anos de prisão por abusar das próprias filhas

21 agosto 2012 - 00h00Por Fonte: r7
Um casal foi condenado a 230 anos de prisão por ter abusado das três filhas menores de idade. A decisão foi tomada pelo juiz Marco Antônio Silva, da 1ª Vara Criminal da Infância e da Juventude e de Execuções Fiscais de Manhuaçu, na Zona da Mata mineira.

O pai foi condenado a 132 anos e cinco meses de prisão; a mãe, a 98 anos, 2 meses e 3 dias. Eles abusavam das crianças desde 2010.

Segundo o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), as meninas, hoje com 5, 6 e 9 anos, eram submetidas a abusos físicos com legumes e eram obrigadas a assistir filmes pornográficos e a vestir roupas íntimas e fantasias.

Uma professora desconfiou da atitude das crianças e denunciou o caso ao Conselho Tutelar em abril desde ano. O casal foi preso em 27 de abril, após as investigações da Polícia Civil terem comprovado os abusos.

O casal podem recorrer da decisão, que é de primeira instância. Eles perderam a guarda das meninas, que foram encaminhadas para um abrigo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CUIDADO
Janeiro Branco e os cuidados com saúde emocional em meio a uma pandemia
SELVÍRIA
Paulista é autuado por derrubada de árvores e incêndio ilegal da vegetação nativa
CORONAVÍRUS
Em 24 horas MS registra 1.316 exames positivos de Covid-19 e 13 mortes
JUSTIÇA
Senacon adotas medidas para combater comércio de vacinas falsificadas