Menu
Busca quinta, 24 de setembro de 2020

Miss Brasil tem quadro estável e está consciente

Miss Brasil tem quadro estável e está consciente

30 dezembro 2011 - 13h40
Agencia Estado

A Miss Brasil, Débora Lyra, apresenta um quadro estável após ter passado por uma cirurgia na coluna, de acordo com boletim expedido hoje pelo hospital onde está internada. Débora se envolveu em um acidente de carro anteontem, na BR-101, na região de Guarapari, no Espírito Santo.

A modelo e estudante foi transferida do Hospital Estadual São Lucas para o hospital particular Centro Integrado de Atenção à Saúde (Cias) depois de ser submetida a um procedimento cirúrgico para retirada de uma vértebra. De acordo com o boletim médico, seu quadro é grave, porém estável. A jovem está "lúcida, respira sem ajuda de aparelhos e já se alimenta por via oral", mas deve continuar na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).


Caroline Carole e Hermon Souza Lopes, que estavam no carro com Débora no momento do acidente, também foram transferidos para o Cias em Vitória. Os dois passaram por cirurgias ortopédicas e continuam internados.


O acidente ocorreu às 16h30 de terça-feira, quando o motorista do Gol em que a modelo estava, Hermon Souza Lopes, que é seu namorado, perdeu o controle da direção e invadiu a contramão, batendo de frente com uma Toyota Bandeirante. Ele quebrou o nariz e o fêmur.


A mãe de Hermon, Maria Auxiliadora Miguel de Souza, de 56 anos, morreu na hora. Ela estava no banco de trás e sem cinto de segurança. Débora estava no banco do carona. Maria Auxiliadora foi enterrada por volta das 16h em Vila Velha, na Grande Vitória. De acordo com o pai da modelo, nem Hermon nem a modelo sabem da morte dela. No total, seis pessoas ficaram feridas na batida. Luiz Fernando Lyra disse que a filha acabava de voltar da Coreia do Sul, onde foi eleita Miss Simpatia, e iria passar o réveillon em Búzios.


Também ficaram gravemente feridos os ocupantes da Toyota Bandeirante Roberto Lessa Vasconcellos, Victor Castro Damázio e Júlia Brasil Lessa. Roberto e Victor foram encaminhados para a Maternidade de Vila Velha, e Júlia, para a Unidades de Pronto Atendimento (Upa) de Guarapari e, em seguida, para o Hospital Antonio Bezerra de Faria, em Vila Velha.

Deixe seu Comentário

Leia Também

JUSTIÇA
Acusação indevida de assédio moral gera indenização
PONTA PORÃ
Caminhões com 120 bovinos trazidos ilegalmente do Paraguai foram apreendidos pelo DOF
MEIO AMBIENTE
Infratora é autuada em R$ 56 mil por incêndio em madeira que se alastrou para pastagem
COMBUSTÍVEIS
ANP realiza mais de 7,4 mil fiscalizações no semestre