Menu
Busca domingo, 25 de outubro de 2020
Política

MPF reforça pedido de condenação de Bumlai e mais 9 réus da Lava Jato

MPF reforça pedido de condenação de Bumlai e mais 9 réus da Lava Jato

19 julho 2016 - 10h15Por G1
O Ministério Público Federal (MPF) reforçou o pedido da condenação judicial contra o pecuarista sul-mato-grossense e principal controlador da Usina São Fernando, em Dourados, José Carlos Bumlai, o ex-diretor da área Internacional da Petrobras Nestor Cerveró, o tesoureiro do PT João Vaccari Neto e outros sete réus de uma ação penal da Operação Lava Jato.

Entre os crimes citados estão corrupção ativa e passiva, gestão fraudulenta e lavagem de ativos.

As alegações são a última etapa na tramitação dos processos, antes da sentença do juiz. O documento foi protocolado no sistema eletrônico da Justiça Federal do Paraná na noite de segunda-feira (18).

A denúncia, aceita pelo juiz Sérgio Moro em dezembro de 2015, afirma que, em 2004, o Banco Schahin concedeu empréstimo de R$ 12 milhões a José Carlos Bumlai e que o destinatário real seria, no entanto, o PT.

Em tese, o empréstimo deveria ter sido pago até novembro de 2005, o que não ocorreu. Assim, o montante foi sendo corrigido para incorporar os encargos não pagos. Os valores foram quitados na sequência, após o Banco Schahin conceder empréstimo de R$ 18 milhões à empresa AgroCaieras, do próprio Bumlai.

Os valores do novo empréstimo, que ultrapassaram R$ 20 milhões, seguiram sem pagamento até janeiro de 2009, quando foi feito um contrato de venda de embriões de gado bovino das fazendas de Bumlai para empresas do Grupo Schahin, de acordo com as investigações.

No documento de alegações finais, o MPF pediu a devolução do montante mínimo de R$ 53.540.145,86, mais US$ 1 milhão referente à propina oferecida ao ex-gerente da Petrobras Eduardo Musa, como forma de reparar os danos causados à Petrobras no contrato de operação do navio-sonda Vitória 10.000.

Bumlai cumpre prisão domiciliar desde o dia 18 de março com tornozeleira eletrônica. No documento, os procuradores do MPF solicitaram a manutenção da prisão preventiva dele após a conclusão do tratamento médico.

Veja os réus denunciados

José Carlos Marques Bumlai, pecuarista

Maurício de Barros Bumlai, filho de Bumlai

Salim Taufic Schahin, executivo do Grupo Schahin

Milton Taufic Schahin, executivo do Grupo Schahin

Fernando Schahin, executivo do Grupo Schahin

Nestor Cerveró, ex-diretor da área Internacional da Petrobras

Jorge Zelada, ex-diretor da área Internacional da Petrobras

Eduardo Musa, ex-gerente da Petrobras

João Vaccari Neto, ex-tesoureiro do PT

Fernando Soares, lobista

Deixe seu Comentário

Leia Também

CRIME AMBIENTAL
Polícia Militar Ambiental de Mundo Novo localiza e autua um pescador e autuará outro que divulgaram vídeo e fotos nas redes sociais praticando pesca predatória
SAÚDE
Mortes por covid-19 chegam ao menor nível desde maio, diz Fiocruz
CULTURA
Autocine exibe o filme nacional “O Bem Amado” e contação de histórias abordando bullying
SAÚDE
Pesquisa investiga transmissão de covid-19 entre homens e animais