Menu
Busca terça, 20 de outubro de 2020

Nota do PT cobrando reação na política econômica causa desconforto no governo

29 dezembro 2015 - 14h45Por G1
Causou desconforto no núcleo mais próximo da presidente Dilma Rousseff a nota do presidente do PT, Rui Falcão, que cobra reação do governo na política econômica. Para auxiliares palacianos, isso cria uma pressão no governo, num momento em que o novo ministro da Fazenda, Nelson Barbosa, precisa de tempo para conquistar credibilidade junto aos mercados e mostrar serviço.

No encontro da tarde desta segunda-feira (28) com ministros no Palácio da Alvorada, Dilma começou a desenhar um esboço do que pode ser anunciado para tentar mudar o rumo da economia e retomar o crescimento, mas mantendo compromisso com a responsabilidade fiscal. Se falou também da necessidade de reforma da Previdência Social. Mas nada conclusivo.

Por isso, a reação do governo com a nota de Rui Falcão. “Era melhor ter ficado em silêncio. É melhor aguardar um pouco antes de ficar soltando nota”, ressaltou um auxiliar de Dilma.

Na nota, o presidente do PT afirma que "o governo da presidenta Dilma Rousseff precisa se concentrar na construção de uma pauta econômica que devolva à população a confiança perdida após a frustração dos primeiros atos de governo".

Deixe seu Comentário

Leia Também

COTAÇÃO
Dólar fecha abaixo de R$ 5,60 com recuperação da China e otimismo sobre vacina para Covid-19
ELDORADO
Polícia Militar apreende medicamentos contrabandeados
DOURADOS
Mais de 900 pacotes de cigarros contrabandeados foram apreendidos pelo DOF em residência
MUNDO NOVO
Polícia Militar recupera veículo roubado