Menu
Busca quarta, 27 de janeiro de 2021

Olimpíadas: Brasil deixa Londres com 17 medalhas e dois ouros inéditos

13 agosto 2012 - 00h00Por Fonte: Agencia Brasil
Depois de 17 dias de competição, milhares de atletas que disputaram diferentes modalidades nas Olimpíadas de Londres participam da cerimônia de encerramento dos Jogos. Na festa, a pira olímpica será apagada e os organizadores do evento anunciam a cidade-sede dos Jogos Olímpicos de 2016, que serão realizados no Rio de Janeiro.

A cerimônia foi aberta com a apresentação de artistas da música inglesa e coreografias marcadas pelas cores vibrantes e por um show de luzes. O tema do encerramento é Uma Sinfônia de Música Britânica. O primeiro show retratou a festa popular que marcou o Jubileu de Diamante da rainha Elizabeth II.

No encerramento dos Jogos de Londres, todas as delegações entraram juntas, sem formalidades, levando as bandeiras de cada país. Pelo Brasil, Esquiva Falcão, que conquistou a prata na categoria até 75 quilos, foi o porta-bandeira da delegação na cerimônia.

O Time Brasil deixa Londres com um total de 17 medalhas, ocupando a 22ª posição no ranking geral dos Jogos. O número supera a previsão do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), que esperava alcançar o mesmo resultado de Pequim, em 2008. Entre as conquistas alcançadas por 57 brasileiros que disputaram sete modalidades, três vitórias representaram ouro, como a da seleção feminina de vôlei e as vitórias de Sarah Menezes, do judô feminino, e de Arthur Nabarrete Zanetti , da ginástica artística masculina.

Os brasileiros também conquistaram cinco medalhas de prata. Entre os segundos lugares, o pugilista Esquiva Falcão divide espaço com as equipes masculinas de futebol, vôlei de quadra, vôlei de praia e natação.

As nove medalhas de bronze foram alcançadas por Adriana Araujo (boxe feminino), Yamaguchi Falcão (boxe masculino), Felipe Kitadai e Mayra Aguiar (judô), César Cielo (natação), Robert Scheidt e Bruno Prada (vela) e Juliana e Larissa (vôlei de praia feminino).

A última medalha conquistada pelo Brasil foi mais um bronze no último dia de competições. Depois de mais de dez horas de competição, a pernambucana Yane Marques conquistou a medalha inédita no pentatlo moderno. O esporte tradicional nas Olimpíadas, criado em 1912, é dividido em cinco modalidades: esgrima, natação, hipismo e combinado (alternância de corrida e tiro esportivo).

Entre as conquistas brasileiras que ficam marcadas na história do país, estão o primeiro ouro no judô feminino e na ginástica artística masculina, o recorde brasileiro de quatro medalhas no judô e no vôlei, e de três no boxe.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
Tereza Cristina: transformação digital deve inserir agronegócio
SAÚDE
Covid-19: OMS aponta presença da variante de Manaus em oito países
POLÍTICA
Governo federal diz que não se envolve em compras privadas de vacina
ECONOMIA
Bolsonaro apela para que caminhoneiros não façam greve