Menu
Busca sábado, 23 de janeiro de 2021
Relatório

Paraguai sobe 8 posições no ranking de prosperidade econômica

08 novembro 2016 - 09h25Por Redação
Segundo o levantamento realizado pelo Instituto LEGATUM, realizado recentemente que o País vizinho do Brasil subiu nos rankings em relação a Prosperidade do Paraguai. O estudo foi feito com base no Produto Interno Bruto conhecido como PIB e levou em consideração diversos fatores econômicos do país.

O relatório de prosperidade econômica chamada "Índice de Prosperidade LEGATUM 2016", aponta que o país teve uma ligeira subida nos rankings mencionados em relação ao observado no ano anterior.

Em 2015, o Paraguai foi classificado número 81 de 142 países de acordo com o relatório deste ano, o Paraguai conseguiu subir para o local 73 de 149 países, subindo 8 posições no geral.

O Paraguai melhorou significativamente em várias sub-índices desde 2007, até 25 fileiras na qualidade econômica, um aumento de dez em Governança e um aumento de 15 lugares em segurança, melhorar uma série de fundações prosperidade.

No entanto, a governança continua a ser baixa, ocupando o lugar 116, mesmo depois de melhoria. Finalmente, a qualidade econômica não atingiu um aumento equivalente na gama de negócios do Paraguai, mesmo nas fronteiras com aumento dos últimos anos, em relação ao turismo que cresce continuamente, não afetou o índice de maneira significativa e o efeito foi, no entanto, mínimo.

Apesar de uma melhoria significativa em termos reais ao longo da última década, ainda existem questões para melhorar o que é demonstrado no fato de que o país tem sido ultrapassado pelo resto do mundo em vários sub-índices, como apontou a pesquisa.

A pobreza pode estar caindo padrões de vida e aumentando, mas a melhoria econômica a longo prazo será difícil sem um ambiente de negócios competitivo com o resto dos países Sul-americanos.

A elevação dos baixos níveis de educação no país também deve ser uma prioridade. O país está classificado em 99 no subscrito da Educação.

Sem esse investimento nas competências, prosperidade econômica e social é reduzida. Paraguai ainda tem um longo caminho a percorrer antes que eles possam alcançar verdadeiros ganhos de prosperidade.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MS
Em quatro dias, mais de 11 mil pessoas foram vacinadas contra Covid-19 em Mato Grosso do Sul
SAÚDE
Vacinas da AstraZeneca chegam ao Brasil
SAÚDE
Covid-19: Anvisa aprova segundo lote da vacina CoronaVac
CIDADES
Prorrogado por mais 15 dias o toque de recolher no MS