Menu
Busca domingo, 09 de agosto de 2020

Presidente da Câmara deve assumir prefeitura de Campos

30 setembro 2011 - 14h00
Presidente da Câmara deve assumir prefeitura de Campos

G1

A Justiça Eleitoral em Campos, no Norte Fluminense, determinou que o presidente da Câmara dos Vereadores, Nelson Nahim, assuma a prefeitura. A juíza Gracia Cristina Moreira do Rosário, da 100ª Zona Eleitoral de Campos, enviou no início da noite de quinta-feira (29) um documento esclarecendo a cassação da prefeita Rosinha Garotinho e determinando a posse do presidente da Câmara em até 24 horas.

A notícia da possibilidade de Nelson Nahim reassumir a prefeitura de Campos não alterou a rotina da Câmara de Vereadores. A reportagem tentou entrar em contato com Nahin, mas ele não foi encontrado no local.

Na prefeitura, o expediente nas repartições e os serviços ao público também foram normais. Mas o pátio continuou ocupado por centenas de manifestantes. Desde a noite de quarta-feira (28), eles montaram tendas e barracas na garagem do prédio, logo após a decisão da Justiça Eleitoral sobre a cassação de Rosinha Garotinho.

Rosinha Garotinho disse qua ainda não recebeu das mãos de Nelson Nahim a intimação referente à cassação dos diplomas dela e do vice-prefeito, Francisco Arthur de Souza Oliveira. Além deles, o deputado federal Anthony Garotinho, marido de Rosinha, e três radialistas também foram condenados por abuso de poder econômico e uso indevido de meios de comunicação. Todos estão inelegíveis, segundo a decisão de quarta-feira (28), e recorreram.

Rosinha diz que não vai deixar a prefeitura
No fim da tarde de quinta-feira (29), ela disse que não vai deixar a prefeitura. "Eu não fui ainda informada, intimada, nada. A sentença diz que nós estamos com os diplomas cassados e está dando ciência ao presidente da Câmara", afirmou.

"A sentença vale mais do que o ofício. No ofício, que encaminha a sentença, diz que o presidente da Câmara tem que assumir o poder executivo, mas também não diz em que prazo. Então, eu sou prefeita", completou.

A produção da InterTV entrou em contato com Rosinha Garotinho logo após a decisão judicial para que o presidente da Câmara assumisse a prefeitura e ela disse que vai permanecer no local até que todos os recursos jurídicos sejam esgotados.

Protesto fecha a BR-101
Durante a madrugada de quinta-feira (29), manifestantes fecharam os dois sentidos da BR-101, na altura de Ururaí, em Campos, para protestar contra a saída da prefeita. Eles colocaram fogo em pneus, galhos de árvores e camas. A manifestação durou cerca de três horas e a Polícia Rodoviária Federal foi chamada.

Viaturas policiais que traziam oficiais do Rio ficaram impedidas de passar e um policial chegou a atirar para o alto para conter os manifestantes. No fim da madrugada, os bombeiros apagaram as chamas e o trânsito foi liberado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

REGIÃO
Mulher foragida da Justiça acaba presa em Aparecida do Taboado
SAÚDE
Transporte em tempos de coronavírus é tema do Caminhos da Reportagem
ESPORTES
Max Verstappen estraga festa da Mercedes e vence GP dos 70 anos da F1
GERAL
Missa no Rio homenageia os mais de 100 mil mortos por covid-19