Menu
Busca quarta, 20 de janeiro de 2021

Presidente paraguaio diz que Mercosul virou um "clube de amigos"

Presidente paraguaio diz que Mercosul virou um "clube de amigos"

06 agosto 2012 - 16h40
Terra


O presidente do Paraguai, Federico Franco, afirmou que o Mercosul se transformou em um "clube ideológico de amigos" e acusou a Venezuela de financiar grupos "terroristas" no Paraguai e na Colômbia. O Paraguai "não tem nada contra a Venezuela" e seu "problema" é com o presidente venezuelano, Hugo Chávez, declarou Franco em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo.

Franco, que como vice-presidente sucedeu Fernando Lugo no poder após sua cassação em um julgamento parlamentar pelo Congresso paraguaio, questionou a aceitação da Venezuela no Mercosul sem a aprovação do poder legislativo de seu país.

A entrada da Venezuela no Mercosul foi aprovada no dia 29 de junho na cúpula do bloco realizada em Mendoza (Argentina) e ratificada no dia 31 de julho em um cúpula extraordinária realizada em Brasília.

Na primeira das reuniões, a presidente Dilma Rousseff e seus colegas do Uruguai, José Mujica, e da Argentina, Cristina Kirchner, também aprovaram a suspensão temporária do Paraguai devido à cassação de Lugo. A oficialização da Venezuela como membro pleno do Mercosul "foi uma decisão totalmente política e não jurídica" e por isso é "absolutamente ilegal", ressaltou Franco, garantindo que o governo de Caracas financia grupos "terroristas" da Colômbia e Paraguai.

Segundo Franco, o autodenominado Exército do Povo Paraguaio (EPP) tem relação com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) "que são apoiadas por Caracas". "Esses grupos irregulares, deploráveis e terroristas, fizeram do medo um negócio, sequestrando e matando. Nessas condições, não podemos aceitar a Venezuela", comentou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Maia diz que a China vai acelerar o envio da matéria-prima da Coronavac
ECONOMIA
Copom mantém juros básicos da economia em 2% ao ano
MS
Governo autoriza cessão da Gruta do Lago Azul ao município de Bonito
BONITO
Polícia Militar apreende mais de 390 quilos de maconha