Menu
Busca quarta, 25 de novembro de 2020

Saúde vai incentivar o uso de penicilina

Saúde vai incentivar o uso de penicilina

29 dezembro 2011 - 15h40
Mais comunidade

O Ministério da Saúde vai incentivar o uso de penicilina nas unidades de Atenção Básica à Saúde para reduzir os casos de sífilis congênita no Brasil. Portaria publicada hoje no Diário Oficial determina que o antibiótico esteja disponível nos serviços de todo o País. Hoje a oferta já existe, mas muitos centros resistem em prescrever e ofertar o remédio, por temer uma forte reação alérgica, disse o diretor do Departamento de Atenção Básica do Ministério da Saúde, Helder Pinto.

"Os índices de sífilis congênita no País são inaceitáveis. E a penicilina pode ajudar a reduzir os casos", disse Pinto. O remédio é indicado para tratamento de vários tipos de infecções e para febre reumática. Ele assegura que apenas 1% da população têm alergia ao medicamento. "É um erro restringir a oferta do remédio, barato e eficaz, por temer choques anafiláticos", disse.


Um protocolo para o uso da penicilina foi preparado para auxiliar equipes de saúde. A ideia é que a equipe de saúde faça um teste antes de prescrever a penicilina aos pacientes. Caso a sensibilidade ao antibiótico seja identificada, outro remédio será indicado.


A portaria publicada hoje indica que, em caso de reações anafiláticas, equipes devem seguir as regras previstas no protocolo preparado pelo governo. O Ministério da Saúde informou que, em 2010, 285 casos de intoxicação por penicilina foram identificados. Este ano, até novembro, foram 179. Em 2006, foram identificados no País 5.789 casos de sífilis congênita em menores de um ano. A doença, considerada evitável, pode causar aborto, má formação do feto e morte ao nascer. Bebês podem ainda ter cegueira, surdez e deficiência mental. "Hoje o teste está disponível. A maior dificuldade está no tratamento", completou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DIREITOS HUMANOS
Mídia é parceira no combate violência para mulher, dizem especialistas
JUSTIÇA
2ª Câmara Criminal mantém sentença de condenado por tráfico de drogas
COTAÇÃO
Dólar fecha em queda e cai a R$ 5,32
REGIÃO
Polícia Militar prende autor de ameaça com simulacro em Paranaíba