Menu
Busca quarta, 25 de novembro de 2020

Três vítimas de intoxicação em curtume continuam internadas

Três vítimas de intoxicação em curtume continuam internadas

01 fevereiro 2012 - 13h40
Campograndenews

Continuam internadas três vítimas de intoxicação causada por reação química entre dois gases, na manhã dessa terça-feira, no curtume do frigorífico Marfrig, em Bataguassu, a 335 quilômetros de Campo Grande.

Vinicius Alcântara Gardner, 24 anos, Sidney da Silva Vitório, 39 anos, e Leonardo Oliveira Silva, 36 anos, estão no hospital de Presidente Prudente, município do interior de São Paulo que fica próximo a Mato Grosso do Sul. O estado de saúde deles é gravissímo. Um deles teve duas paradas cardiorespiratórias.

O acidente resultou também em quatro mortes: Marcos Vinicius da Silva Melo, 29 anos, Waldir Henrique Raimundo, 28 anos, Edimar Felesbino da Silva, 28 anos, e Karl Matheus Luft, 20 anos.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o acidente aconteceu quando um caminhão descarregava o ácido com nome comercial Coramin Mkgs, utilizado para retirada de pêlos do couro. Inicialmente foi informado que seria o ácido dicloro propiônico, esta informação foi obtida através da informação contida na placa de identificação do caminhão.

O ácido era descarregado em um tanque submerso onde também havia produto químico. A reação química entre os dois exalou gás tóxico e os quatro trabalhadores que estavam no mesmo ambiente morreram. Os demais estavam próximos.

A PMA (Polícia Militar Ambiental) multou a empresa em R$ 1 milhão devido ao dano ambiental causado pelo gás tóxico. O frigorífico está isolado. A Prefeitura de Bataguassu decretou luto oficial de três dias.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DIREITOS HUMANOS
Mídia é parceira no combate violência para mulher, dizem especialistas
JUSTIÇA
2ª Câmara Criminal mantém sentença de condenado por tráfico de drogas
COTAÇÃO
Dólar fecha em queda e cai a R$ 5,32
REGIÃO
Polícia Militar prende autor de ameaça com simulacro em Paranaíba