Menu
Busca segunda, 30 de novembro de 2020

Brasileiro somou seis derrotas em suas últimas oito lutas e será demitido do UFC em caso de novo revés

Brasileiro somou seis derrotas em suas últimas oito lutas e será demitido do UFC em caso de novo revés

18 novembro 2011 - 15h20
IG


Wanderlei Silva travou guerras, virou ídolo e fez o suficiente para ser considerado um dos maiores lutadores de MMA de todos os tempos. Mas o curitibano volta ao octógono neste sábado com uma missão inédita na carreira: terá que vencer o vietnamita Cung Le no UFC 139 a qualquer custo para não ser demitido e não se aposentar do esporte.

Apesar de ostentar um currículo com 34 vitórias e 11 derrotas, Wanderlei Silva não será mantido no UFC em caso de revés neste sábado. Em sua última aparição, o lutador de 35 anos foi nocauteado por Chris Leben em menos de 30 segundos e desagradou o presidente Dana White com a performance.

“Errei na minha última luta e um atleta não pode errar nesse nível. Sofri muito. Foi uma luta muito dura e me abriu os olhos para outras coisas. Mas estou bem treinado e espero mostrar a todos que posso continuar lutando no sábado”, afirmou o brasileiro.

Mas a realidade é que Wanderlei Silva pode ser “forçado” a se aposentar pelo UFC não somente por este combate e sim pelo desempenho em geral nos últimos anos.

Até o momento o curitibano soma nada menos do que seis derrotas em suas últimas oito lutas de MMA e há tempos não mantém o mesmo nível de épocas passadas, quando faturou o título do Pride, no Japão, atropelando os principais nomes da época, como Sakuraba e Rampage Jackson.

Agora, ele terá que mostrar serviço contra um dos atletas mais versáteis do MMA. O ator vietnamita Cung Le realiza sua estreia no UFC após uma série de boas aparições no Strikeforce. O brasileiro foi chamado para substituir Vitor Belfort – que deixou o combate por lesão.

“Não tenho a aposentadoria na minha cabeça. Treinei duro e quero lutar de novo, de novo e de novo... Esta luta será muito boa, pois ambos somos ofensivos. Os fãs vão adorar”, avaliou Wanderlei Silva.

O UFC 139 acontece neste sábado à noite em San José, na Califórnia (EUA). O canal Combate transmite o evento ao vivo por pay-per-view a partir das 19h45.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAMPO GRANDE
Briga de vizinhos acaba com um morto espancado
ECONOMIA
Caixa paga auxílio emergencial para nascidos em maio
INTERNACIONAL
Papa nomeia novos cardeais, entre eles o primeiro afro-americano
DETRAN
Contran revoga Resolução que interrompia prazos de serviços e divulga calendário para CNH