Menu
Busca terça, 19 de janeiro de 2021

31 agosto 2012 - 09h25
Jornal Regional

Em entrevista concedida ontem ao JORNAL REGIONAL, o empresário e ex-presidente da ACEPP (Associação Comercial e Empresarial de Ponta Porã), Evaldo Pavão Senger, disse não acreditar nas declarações atribuídas ao atual presidente, comerciante Eduardo Gaúna, emitidas através de matéria veiculada muito provavelmente pela assessoria da entidade e publicada em um jornal local, tecendo severas críticas e comentários maldosos sobre a participação do candidato a prefeito Hélio Peluffo, da coligação ‘Juntos por Ponta Porã’, em reunião patrocinada pela diretoria da entidade.

O encontro foi o primeiro de uma série agendados com todos os três candidatos a prefeito. Também serão ouvidos propostas dos outros dois candidatos a prefeito, Álvaro Soares e Ludimar Novais.

Na matéria veiculada ontem, é atribuída declarações ao presidente da Associação Comercial de Ponta Porã, Eduardo Gaúna, sobre a participação de Hélio Peluffo, inclusive ofensas pessoais e de forma pejorativas. Sob o título “Peluffo ‘enrolou’ diretoria da Associação Comercial”, a matéria começa afirmando que “ao contrário do que chegou a ser publicado em um jornal do município de Ponta Porã (referindo-se ao JORNAL REGIONAL, obviamente), Peluffo não satisfez a diretoria da ACEPP durante a reunião realizada na segunda-feira.

Se ele chegou a dar alguma ‘aula’, destaca o material, foi de malandragem (...)” diz o texto produzido pela assessoria de imprensa da Associação Comercial de Ponta Porã, com a foto tendo o crédito do assessor da entidade, Edmondo Tazza, o que comprova a origem do material jornalístico.

Evaldo Pavão Senger, que participou de quatro mandatos à frente da entidade - uma como tesoureiro-adjunto, outra como tesoureiro-geral e duas como presidente – declarou ontem ter se surpreendido com o teor da matéria. “Não falei com o Eduardo, pois tentei entrar em contato com ele e a informação foi que ele está viajando, está em Assunção, portanto não acredito que a matéria tenha tido o aval dele, pois o conheço bem, apoiei sua chapa na eleição, sei que ele é um homem sensato, capaz, competente, homem equilibrado, inteligente e não iria expor a nossa entidade a tamanho ridículo. Tenho certeza disso”, desabafou Evaldo Pavão Senger.

Ele disse que a Associação Comercial e Empresarial de Ponta Porã é uma entidade apolítica, sem cor partidária, religiosa. “A nossa entidade é aberta a todos os credos, cores, opiniões, jamais pode direcionar ou expor a tal ponto como ocorreu ontem, com as supostas declarações atribuídas ao atual presidente”, disse China. Para ele “deve haver algum engano, do contrário, pode ocorrer sérios desdobramentos com o posicionamento como colocado na matéria divulgada ontem”.

O ex-presidente cita que a entidade deve ouvir todos os pretendentes ao cargo de prefeito de Ponta Porã, abrir suas portas para que todos tenham a mesma oportunidade “mas nunca emitir opinião sobre este ou aquele candidato, sobre esta ou aquela proposta”, enfatizou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Pazuello: embarque de vacinas da Índia deve ter solução esta semana
POLÍCIA
Veículos com cigarros e agrotóxicos contrabandeados do Paraguai foram apreendidos pelo DOF
CORONAVÍRUS
Vacina chega a Mato Grosso do Sul e distribuição aos municípios começa ainda hoje
ECONOMIA
Litro da gasolina sobe R$ 0,15 nas refinarias da Petrobras