Menu
Busca sábado, 31 de outubro de 2020
Operação

Agepan autua picape por transporte clandestino durante operação no Carnaval

11 fevereiro 2016 - 15h10Por Fonte: noticias
Fiscalização realizada durante o Carnaval pela Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos (Agepan) resultou em oito autuações por infrações no Sistema de Transporte Rodoviário Intermunicipal de Passageiros. As equipes fizeram 86 abordagens a veículos nas rodovias federais e estaduais.

Entre as principais ocorrências está o flagrante de um veículo do tipo picape efetuando transporte clandestino de pessoas entre os municípios de Sonora e Coxim. Já havia denúncia da irregularidade praticada por esse carro, de placa DXA 8249, e ele estava sendo monitorado pela fiscalização. No dia 4, em operação no posto da Polícia Rodoviária Federal de Coxim, na BR-163, foi feito o flagrante e constatada a cobrança de passagem de R$ 30,00 por passageiro.

O condutor ainda tentou ludibriar a fiscalização, com a chamada de um táxi para embarcar os passageiros um pouco antes do posto da PRF e passar pela barreira. A manobra foi percebida e o transporte clandestino ficou caracterizado. Casos de infrações como essa, após esgotados os recursos, acarretam multa de 100 Uferms (equivalentes hoje a R$ 2.290,00).

Na região Sul do Estado, um dos principais flagrantes foi o do operador autônomo do micro-ônibus HRO 5854, da empresa Gramaci Ferreira Lima de Oliveira, na linha Dourados-Fátima do Sul. Com capacidade para 19 passageiros, o veículo estava lotado com 7 pessoas a mais, viajando em pé no estreito corredor, o que é proibido. Esse é um tipo de infração que se enquadra em direção perigosa, colocando em risco a vida dos passageiros. Além do excedente, o condutor também não havia feito a emissão obrigatória dos bilhetes individuais.

Com o flagrante, o veículo desembarcou parte dos passageiros, fez o trajeto com a quantidade correta e retornou para conduzir o restante.

Empresas

Além de coibir o transporte clandestino e fiscalizar os operadores autônomos, a fiscalização também fica de olho no cumprimento das normas pelas empresas regulares do sistema de transporte. Em uma das operações, a Viação Mota foi autuada porque levava irregularmente seis passageiros em pé na linha Dourados-Porto XV. O flagrante aconteceu no posto da PRF em Dourados.

O veículo, placa HRO 9466 só seguiu vigem após regularizar o embarque. O carro de uma outra empresa que fazia trajeto semelhante levou os passageiros que não tinham acomodação no veículo autuado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

JUSTIÇA
Campanha eleitoral tem baixa ocorrência de fake news, afirma Barroso
CRIME AMBIENTAL
Paulista é autuado em R$ 10 mil por erosões em 2 hectares de área, causando degradação de córrego em sua fazenda em Inocência
ECONOMIA
Dívida bruta do governo deverá encerrar o ano em 96% do PIB
REGIÃO
Polícia Militar Ambiental de Campo Grande e Imasul realizam fiscalização na MS 040 e orientam condutores sobre resíduos lançados de veículos às margens de rodovias