Menu
Busca segunda, 26 de outubro de 2020
H1N1

Amambai confirma primeira morte de paciente infectado com H1N1

08 julho 2016 - 15h31Por Fonte: correiodoestado
Morreu ontem (7), no Hospital da Vida em Dourados, homem de 35 anos vítima da gripe H1N1. A informação foi confirmada hoje pelo secretário municipal de saúde de Amambai, Sérgio Périus.

Com a morte de Périus, Mato Grosso do Sul soma 28 cidades que registraram morte por gripe neste ano. O total de vítimas atinge 73 pessoas.

O paciente foi internado há 16 dias com quadro de tuberculose no hospital de Amambai, onde permaneceu por apenas uma noite, sendo transferido para o Hospital da Vida, onde ficou internado por 15 dias, mas não resistiu.

De acordo com Sérgio, o paciente já tinha histórico de tuberculose. "Ele trabalhava na área rural de uma empresa e já tinha feito tratamento para essa doença", afirmou o secretário.

Após ser feita coleta de material para análise, veio a confirmação para gripe H1N1. Até então, Amambai não tinha registrado morte pela doença este ano.

Ao todo foram notificados na cidade oito casos suspeitos da doença. Destes, quatro foram descartados e quatro estão confirmados.

NÚMERO SÓ AUMENTA

No Estado agora são 73 mortes por gripe até agora, contando a vítima de Amambai. Campo Grande é a cidade com maior número de óbitos pela doença, sendo 19 por H1N1, um por Influenza A não subtipado e um por Influenza B.

Naviraí aparece em segundo na lista de municípios onde houve mais mortes, com sete casos, seguido por Jardim, com quatro.

Registraram três mortes as cidades de Dourados, Caarapó, Maracaju e Três Lagoas. Dois óbitos foram confirmados em Aquidauana, Bataguassu, Corumbá, Ivinhema, Jardim, Laguna Carapã e Rio Brilhante.

Uma morte foi registrada em Água Clara, Antônio João, Costa Rica, Coxim, Douradina, Glória de Dourados, Juti, Nova Andradina, Ponta Porã, Ribas do Rio Pardo, Rio Verde de Mato Grosso, Santa Rita do Pardo, São Gabriel do Oeste e Terenos.

Dados do boletim epidemiológico divulgados na quarta-feira (6) indicaram que até o dia 5 deste mês foram notificados 1298 casos suspeitos, sendo confirmados 372 de H1N1, 24 de Influenza B, um de H3N2 e um de Influenza não subtipado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PANDEMIA
Com novos testes positivos, casos de Covid-19 continuam crescendo em todo o MS
TRÁFICO
Motorista de guincho suspeita de contratante, aciona polícia e droga é encontrada dentro de carro em MS
SERVIDOR
Sonho que virou realidade, piloto da PM tem orgulho em servir a sociedade
CRIME AMBIENTAL
Polícia Militar Ambiental de Mundo Novo localiza e autua um pescador e autuará outro que divulgaram vídeo e fotos nas redes sociais praticando pesca predatória