Menu
Busca sábado, 31 de outubro de 2020
Anvisa

Anvisa proíbe fabricação e venda de canela com pelo de roedor

02 maio 2016 - 14h27Por Fonte: correiodoestado
Resolução da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicada hoje (2) no Diário Oficial da União proíbe a fabricação, distribuição e comercialização, em todo o território nacional, do lote 07/2015 (val.:05/2016) do produto Canela Moída, marca Pachá, embalagem de 30g, fabricado pela empresa Arcos Com. Imp. Ltda.

De acordo com o texto, laudo emitido pelo Instituto Octávio Magalhães, da Fundação Ezequiel Dias, apresentou resultado insatisfatório devido à presença, acima do limite de tolerância estabelecido, de pelo de roedor – matéria estranha indicativa de risco à saúde humana.

Ainda segundo a Anvisa, a diretoria de Vigilância Sanitária de Alimentos de Minas Gerais já havia emitido notificação que determinava a interdição cautelar do produto no estado de Minas Gerais.

A Agência Brasil entrou em contato com a Arcos Com. Imp. Ltda. e aguarda um posicionamento da empresa.

Deixe seu Comentário

Leia Também

JUSTIÇA
Campanha eleitoral tem baixa ocorrência de fake news, afirma Barroso
CRIME AMBIENTAL
Paulista é autuado em R$ 10 mil por erosões em 2 hectares de área, causando degradação de córrego em sua fazenda em Inocência
ECONOMIA
Dívida bruta do governo deverá encerrar o ano em 96% do PIB
REGIÃO
Polícia Militar Ambiental de Campo Grande e Imasul realizam fiscalização na MS 040 e orientam condutores sobre resíduos lançados de veículos às margens de rodovias