Menu
Busca domingo, 25 de outubro de 2020
Polícia

Após um mês, corpos das irmãs mortas no Japão são cremados

01 fevereiro 2016 - 12h34Por Fonte: midiamax
Os corpos das campo-grandenses Amarília Maruyama Kimberli Akemi, 27 anos, e de Michele Maruyama, 29 anos, assassinadas no dia 31 de dezembro de 2015, no Japão, foram cremadas neste domingo (31), um mês após o crime. A informação foi revelada pela mãe, Maria Amarilha Scardin, em sua rede social.

As irmãs foram assassinadas após um incêndio no apartamento onde moravam, na cidade de Handa, no Japão. A imprensa local divulgou que as duas teriam sido estranguladas pelo suspeito, ex–marido de Akemy, que teria ateado fogo no apartamento para eliminar possíveis vestígios.

No inicio de janeiro, a mãe das meninas afirmou em entrevista ao Midiamax o desejo de trazer as cinzas para Mato Grosso do Sul, para que fossem enterradas em Campo Grande, ou jogadas nas águas de Bonito, distante 300 quilômetros da Capital. “O sonho da Akemi sempre foi conhecer Bonito e as cachoeiras de Foz do Iguaçu. Quando nos falávamos por telefone ela brincava: 'mãe, quando eu for para o Brasil a gente vai para Bonito tá', mas infelizmente não deu".

Neste domingo, dona Maria Amarilha Scardin comentou em sua rede social sobre o momento da cremação no Japão. A mãe afirmou ser o dia mais inesquecível de sua vida.

“Hoje foi indiscutivelmente o dia mais inesquecível da minha vida, aliás ontem também, decidi vê-las pela última vez...Por mais que as pessoas me falassem o contrário, meu coração de mãe esperançava um último carinho... Era impossível... Aaa Deus meu, Tú me deste forças pra mais essa prova...Agora sinto que minhas filhas descansam...quero agradecer do fundo do meu coração a todos que compareceram...Não sei dizer o que estou sentindo...Parece um vazio,to me sentindo estranha... Mas tenho que buscar forças para agora lutar pelas minhas netas...Mas Deus é tão maravilhoso que colocou no meu caminho pessoas maravilhosas para me amparar!!! (SIC”

A mãe comentou ainda ter sido surpreendida na última quinta-feira (28) com uma última lembrança das meninas. Duas caixas com presentes, enviadas do Japão, chegou em sua casa após dois meses. "Meu Deus...acabou de chegar no Brasil duas caixas que minhas filhas mandaram há 2 meses atrás...Era só felicidade quando essas caixas chegavam...Elas escolhiam Td com muito carinho, aah filhas minha...obrigada por tudo,por terem existido na minha vida...esse foi o último mimo recebido dessa mãe...Rogo a Deus que as lágrimas de Dor que derramo agora que um dia sejam apenas de Saudades!!!"

Deixe seu Comentário

Leia Também

PANDEMIA
Com novos testes positivos, casos de Covid-19 continuam crescendo em todo o MS
TRÁFICO
Motorista de guincho suspeita de contratante, aciona polícia e droga é encontrada dentro de carro em MS
SERVIDOR
Sonho que virou realidade, piloto da PM tem orgulho em servir a sociedade
CRIME AMBIENTAL
Polícia Militar Ambiental de Mundo Novo localiza e autua um pescador e autuará outro que divulgaram vídeo e fotos nas redes sociais praticando pesca predatória