Menu
Busca terça, 01 de dezembro de 2020

Associação Comercial lança novos serviços em Ponta Porã

28 outubro 2011 - 14h20
Mercosulnews


A Associação Comercial e Empresarial de Ponta Porã (Acepp), anunciou ontem a disponibilização de dois novos serviços para os associados. Um deles, o ‘SMS Logista’, permite ao comércio o envio de mensagens de texto para telefones celulares de seus clientes, via Internet, garantindo com isso a oportunidade de desenvolver ações de marketing.

Neste novo leque, os associados podem ampliar a divulgação de suas promoções, descontos, lançamentos de novos produtos, vencimentos de fatura, aviso sobre atraso de pagamento, fidelização de clientes, atendimento na pós-vendas, mensagens aos aniversariantes, entre outros. O serviço é cobrado, porém a um preço acessível. O ‘SMS Logista’ é uma nova forma para contato direto com o cliente.

A ‘Campanha Nome Limpo’ é outro projeto que está sendo colocado em prática pela Acepp. O objetivo é a recuperação de parte dos créditos inadimplidos, resultando em diminuição do prejuízo, divulgando a possibilidade de condições especiais para a quitação de débitos, seja através de descontos sobre o montante devido, seja através do oferecimento de condições diferenciadas para liquidação do débito ou, até mesmo, redução das taxas de juros e correções.

Dessa forma, busca-se incentivar os consumidores com restrições cadastrais a quitarem seus débitos, resgatando seus créditos no mercado, e com isso contribuir para o aumento das vendas, principalmente no período natalino. Mais informações sobre os serviços e adesões estão sendo fornecidos pela Associação Comercial e Empresarial de Ponta Porã.

Deixe seu Comentário

Leia Também

LAGUNA CARAPÃ
Caminhão que seguia para Campo grande com mais de seis toneladas de maconha foi apreendido pelo DOF
PROPINA DIFERENTE
Traficante Minotauro usou canetas de US$ 900 para pagar propina a agentes paraguaios, afirma MPF
ECONOMIA
Seis milhões de pessoas pediram empréstimo na pandemia, diz IBGE
CORONAVÍRUS
Falta de leitos de UTI coloca em risco população de Dourados, diz secretário