Menu
Busca sábado, 31 de outubro de 2020
MS

CAM já está atendendo no distrito de Nova Itamarati

28 abril 2016 - 11h47Por Fonte: reporterms
O Centro de Referência de Atendimento à Mulher (CAM), atendeu na quarta-feira, dia 27, a comunidade do distrito de Nova Itamarati, em Ponta Porã. Foram disponibilizados vários tipos de serviços da Prefeitura Municipal, principalmente na área de assistência social, jurídica e psicológica.

Segundo as informações da coordenadora de políticas públicas para as mulheres do CAM, órgão mantido pela Prefeitura de Ponta Porã, advogada Rose Luce Lino de Lima Cavagna, o atendimento a partir de agora será toda última quarta-feira de cada mês.

"Estamos levando para a comunidade do distrito de Nova Itamarati os trabalhos do CAM, facilitando dessa forma o acesso das pessoas aos nossos serviços. Esse é um projeto que conta com o total apoio do prefeito Ludimar Novais, que entende ser importante para as mulheres vítimas de qualquer tipo de violência terem acesso à assistência pública.

Conforme a coordenadora, terão atendimento na área urbana do distrito com profissionais da área de psicologia, social e jurídica. "Estamos atendendo as pessoas na sede da Sub-Prefeitura montada pelo prefeito Ludimar Novais. Todas as mulheres que tiverem interesse podem nos procurar que teremos o maior prazer em atendê-las gratuitamente, sempre lembrando que a equipe do CAM estará atendendo na última quarta-feira de cada mês", destacou a advogada Rose Luce.

A equipe que esteve nesta quarta-feira no Itamarati foi composta pela coordenadora de políticas públicas para as mulheres do CAM, Rose Luce Lino de Lima Cavagna; pela assessora-administrativa, Luciana Ponciano; pela psicóloga, Bruna Rocha; pela assistente social, Silvia Soto; pela conselheira tutelar, Telma Pereira da Silva; Irmã Olga Manosso, do Movimento de Mulheres Camponesas; Sandra de Fátima, assistente social da Agraer; Mariana Ostenberg, policial militar do projeto "Mulher Segura da Fronteira" e da "Patrulha Maria da Penha da Fronteira".

Deixe seu Comentário

Leia Também

JUSTIÇA
Campanha eleitoral tem baixa ocorrência de fake news, afirma Barroso
CRIME AMBIENTAL
Paulista é autuado em R$ 10 mil por erosões em 2 hectares de área, causando degradação de córrego em sua fazenda em Inocência
ECONOMIA
Dívida bruta do governo deverá encerrar o ano em 96% do PIB
REGIÃO
Polícia Militar Ambiental de Campo Grande e Imasul realizam fiscalização na MS 040 e orientam condutores sobre resíduos lançados de veículos às margens de rodovias