Menu
Busca sexta, 03 de julho de 2020

Carteira do passe-livre no transporte intermunicipal precisa ser renovada ao vencer a validade

Carteira do passe-livre no transporte intermunicipal precisa ser renovada ao vencer a validade

04 dezembro 2015 - 09h30Por Notícias MS
Muitos idosos e pessoas com deficiência usuários da gratuidade no transporte rodoviário intermunicipal de passageiros em Mato Grosso do Sul e que têm a Carteira do Beneficiário com vencimento em dezembro de 2015 já fizeram a revalidação obrigatória. Um grande número, no entanto, ainda precisa fazer a renovação. É preciso ir até o Centro de Referência de Assistência Social (Cras) do município de residência, levando CPF, RG e comprovantes de renda e de residência.

Segundo a Coordenadoria de Proteção Básica da Secretaria de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast), o procedimento está ocorrendo com tranquilidade. Os pedidos de renovação já feitos estão na fase de validação e as novas carteiras serão impressas em breve. As unidades do CRAS estarão atendendo normalmente os usuários no mês de dezembro e em janeiro.

Uso do benefício

Até 30 dias depois de vencida a validade da carteira atual o usuário ainda conseguirá emitir o passe-livre. Após esse prazo, o sistema não disponibiliza a passagem sem o recadastramento. “Para evitar prejuízo ao beneficiário que eventualmente atrasar o pedido de renovação, o sistema informatizado permite que as empresas transportadoras consigam fornecer o bilhete até um mês depois do vencimento da carteira. Mas é muito importante que todos tenham muita atenção ao prazo, porque depois de 30 dias, a carteira perde definitivamente a validade”, orienta o diretor de Normatização e Fiscalização da Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos (Agepan), Ayrton Rodrigues.

A Agência, em conjunto com a Sedhast, reforçou desde novembro a informação aos usuários sobre a necessidade de renovação, com informativos nos CRAS, nos guichês das transportadoras, e nos próprios sistemas informatizados.

Beneficiários que têm a Carteira com validade em janeiro de 2016 também já devem fazer a renovação neste mês de dezembro.

A Carteira de Beneficiário tem validade de quatro anos, a partir da data da emissão. Essa informação é impressa no documento. A renovação vai acontecendo gradativamente, sempre no mês anterior ao vencimento do documento.

Existem atualmente cadastrados cerca de 86 mil beneficiários idosos e 6.300 beneficiários com deficiência.

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOTÍCIAS
Negado recurso para condenar pai e dois filhos por furto em fazenda
EDUCAÇÃO
MEC anuncia repasse de R$ 200 milhões para universidades e institutos
ECONOMIA
INSS prorroga antecipação do BPC e auxílio-doença até 31 de outubro
CRIME AMBIENTAL
Polícia Militar Ambiental de Naviraí prende e autua em R$ 2,3 mil dois paranaenses por pesca predatória e apreende veículo, barco, motor de popa e pescado ilegal