Menu
Busca terça, 29 de setembro de 2020

Carteira do passe-livre no transporte intermunicipal precisa ser renovada ao vencer a validade

Carteira do passe-livre no transporte intermunicipal precisa ser renovada ao vencer a validade

04 dezembro 2015 - 09h30Por Notícias MS
Muitos idosos e pessoas com deficiência usuários da gratuidade no transporte rodoviário intermunicipal de passageiros em Mato Grosso do Sul e que têm a Carteira do Beneficiário com vencimento em dezembro de 2015 já fizeram a revalidação obrigatória. Um grande número, no entanto, ainda precisa fazer a renovação. É preciso ir até o Centro de Referência de Assistência Social (Cras) do município de residência, levando CPF, RG e comprovantes de renda e de residência.

Segundo a Coordenadoria de Proteção Básica da Secretaria de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast), o procedimento está ocorrendo com tranquilidade. Os pedidos de renovação já feitos estão na fase de validação e as novas carteiras serão impressas em breve. As unidades do CRAS estarão atendendo normalmente os usuários no mês de dezembro e em janeiro.

Uso do benefício

Até 30 dias depois de vencida a validade da carteira atual o usuário ainda conseguirá emitir o passe-livre. Após esse prazo, o sistema não disponibiliza a passagem sem o recadastramento. “Para evitar prejuízo ao beneficiário que eventualmente atrasar o pedido de renovação, o sistema informatizado permite que as empresas transportadoras consigam fornecer o bilhete até um mês depois do vencimento da carteira. Mas é muito importante que todos tenham muita atenção ao prazo, porque depois de 30 dias, a carteira perde definitivamente a validade”, orienta o diretor de Normatização e Fiscalização da Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos (Agepan), Ayrton Rodrigues.

A Agência, em conjunto com a Sedhast, reforçou desde novembro a informação aos usuários sobre a necessidade de renovação, com informativos nos CRAS, nos guichês das transportadoras, e nos próprios sistemas informatizados.

Beneficiários que têm a Carteira com validade em janeiro de 2016 também já devem fazer a renovação neste mês de dezembro.

A Carteira de Beneficiário tem validade de quatro anos, a partir da data da emissão. Essa informação é impressa no documento. A renovação vai acontecendo gradativamente, sempre no mês anterior ao vencimento do documento.

Existem atualmente cadastrados cerca de 86 mil beneficiários idosos e 6.300 beneficiários com deficiência.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Justiça Federal manda soltar acusados de invadir celular de Moro
ECONOMIA
Antecipação do INSS poderá ser pedida sem limitação de distância
ECONOMIA
Déficit primário do Governo Central atinge R$ 96,1 bilhões em agosto
NOTÍCIAS
1ª Câmara Cível considera regular a devolução de bem à revendedora