Menu
Busca sexta, 30 de outubro de 2020
IASD

Clube de Aventureiros de Ponta Porã realiza campanha contra o Aedes Aegypti

01 abril 2016 - 23h30Por Fernando Moltocaro
A Igreja Adventista de Ponta Porã, através do Clube de Aventureiros, realizou uma campanha para combater o mosquito transmissor de doenças como a Dengue, a Chikungunya e o Zica Virus.

A diretora do Clube, Solange Alves, convidou o Capelão, João Flávio Mendes de Lima, para dirigir uma palestra sobre o mosquito Aedes Aegypti, incluindo a vida e reprodução do mosquito, na sequencia mostrou como o mosquito age na transmissão de doenças.

João Flávio também mostrou como se faz uma armadilha para capturar o mosquito, reutilizando materiais reciclados, como a garrafa PET, matéria prima para a fabricação caseira da armadilha.
A "mosquitoeira" é feita com um tecido "micro tule", tecido parecido com uma peneira, usa também uma fita lacre, uma tesoura, lixa e uma fita tipo isolante.

A armadilha consiste em criar um ambiente favorável para a reprodução do mosquito. O mosquito vem na armadilha, põe os ovos, os ovos viram larva e depois vira o mosquito dentro da armadilha, só que o mosquito não consegue sair da armadilha. Como são crianças, o clube contou com a presenças dos pais para a confecção da armadilha.

O clube de aventureiros se reúnem todos os domingos a partir dás 9h na escola Estadual Adê Marques de Ponta Porã.

Em Ponta Porã

O clube de aventureiros de Ponta Porã, iniciou suas atividades no ano de 2006, com atividades apropriadas para cada idade, sendo que o clube visa ajudar no desenvolvimento, físico, mental e espiritual de acordo com dada faixa etária, sendo atividades para crianças de 6 a 9 anos.
São mais de 1 milhão de aventureiros no mundo, criado em 1972 nos EUA, a ideia ganhou muita força, e hoje o mundo inteiro conta com a presença do Clube de Aventureiros.

O Clube

Um programa internacional de lazer e atividades, patrocinado pela Igreja Adventista do Sétimo Dia, através de um dos seus ministérios – o Ministério Jovem. Seu objetivo é auxiliar pais, mães ou responsáveis na tarefa de desenvolver os aspectos físico, mental, espiritual e social de seus meninos e meninas, num ambiente seguro e agradável. Desenvolver as crianças, envolvendo os pais neste trabalho, é a principal missão do Clube de Aventureiros. Todo o programa se apóia sobre um tripé – Família, Escola e Igreja. A Família tem a prioridade, vindo em seguida à escola, com a igreja atuando como a base de sustentação das outras duas áreas. Uma criança que faz parte dos Aventureiros será um melhor membro de sua família. Uma criança que faz parte dos Aventureiros será um melhor aluno em sua escola. E, além disso, obterá melhor aproveitamento de sua experiência como membro da igreja.

Deixe seu Comentário

Leia Também

JUSTIÇA
Pandemia mostrou que o Judiciário pode mudar, diz ministra
MAUS-TRATOS AO ANIMAL
Polícia Militar Ambiental de Aquidauana autua em R$ 3 mil infrator preso por Policiais Militares por matar cachorro alheio a pauladas
ECONOMIA
Déficit primário do Governo Central atinge R$76,16 bilhões em setembro
SEMANA DO SERVIDOR
Por meio virtual, Escolagov entrega XV Prêmio na Gestão Pública