17/05/2017 22h46

Título Interno

Sub-Título

 
 

Os moradores do Assentamento Itamarati, no Distrito de Nova Itamarati estão recebendo atendimento médico diariamente nos postos de saúde da localidade. Tanto no ESF Anastácio Basílio Pires, na sede do assentamento e no ESF Geraldo Garcia, na Vila do Secador, os moradores estão recebendo atenção dispensada todos os dias por profissionais capacitados.

A Prefeitura de Ponta Porã, através da Secretária Municipal de Saúde, retomou o atendimento nas unidades de saúde há cerca de três meses. No ESF da sede, a médica Carolina Barbeiro Faleiros Colla está atendendo diariamente, de segunda a sexta-feira, de 07 da manhã até às 11 horas e de 13 às 17. Carolina diz que a procura por atendimento no ESF Basílio Pires é grande e que a comunidade precisa desse atendimento, proporcionado atualmente pela Prefeitura de Ponta Porã.

"O número de pessoas atendidas aqui é grande e temos essa oportunidade de propiciar o atendimento que eles precisam aqui. Poder fazer parte deste trabalho de levar mais saúde à população é muito bom. É gratificante", afirmou Carolina.

No ESF Geraldo Garcia, na Vila do Secador, os moradores que procuram a unidade de saúde da localidade também mostram satisfação com o atendimento. Para Silvatide Martins, o atendimento é bom e não falta remédios. "Não posso reclamar do atendimento que recebo aqui. Precisei de atendimento agora e fui bem atendido. O bom é que saí da consulta com a receita e já peguei os remédios que precisava aqui mesmo no posto. Além de ser atendido, não faltou nenhum remédio que me foi receitado", declarou Silvatide.

Outro que precisou de atendimento médico foi o funcionário público e morador na localidade, Julio Garcia. Para ele, a melhora no atendimento é visível. "Está muito bom. Aqui tem uma médica que realmente se preocupa com seus pacientes e todos são bem atendidos. Não faltam remédios, acho que isso é o que todos precisam", disse Julio.

A médica que atende no ESF Geraldo Garcia, Pâmela Silva, disse que naquela unidade, todos que procuram o ESF são atendidos da melhor forma possível. "Nós examinamos os pacientes aqui, e se preciso for encaminhamos aqueles que precisam de internação para o Hospital Regional de Ponta Porã. Fazemos aqui um levantamento, para que possamos identificar os casos mais urgentes, que porventura venham a precisar de um acompanhamento contínuo. Mas na maioria dos casos atendemos aqui mesmo. As pessoas são medicadas, recebem os remédios disponíveis na unidade, evitando que eles tenham que se deslocar até a cidade para receberem atendimento", afirmou a doutora Pâmela.

Anuncie | Contato | Expediente | Política de Privacidade

Este material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído. Copyright 2011 © Conesul News - Todos os direitos reservados. Desenvolvido por: Lobo Tecnologia&Internet