Menu
Busca quarta, 23 de setembro de 2020
Leilão

Cumprindo portaria do Detran, Governo retira 12 lotes de leilão

15 dezembro 2015 - 12h34Por Fonte: noticias
Para cumprir a portaria n. 30/2015, publicada pelo Departamento Estadual de Trânsito no último dia 26, o Governo do Estado, através da Secretaria de Administração e Desburocratização, retirou do leilão, que será realizado na próxima sexta-feira (18), 12 lotes de sucatas. Na prática, a portaria regulamenta a venda de sucatas no estado com medidas de credenciamento de empresas que pretendam atuar no ramo de desmontagem e destinação de peças usadas de veículos automotores.

De acordo com o superintendente de Patrimônio e Transporte, José Alberto Furlan, com a validação da portaria, as regras mudam e será necessário um prazo maior para o cadastramento de venda das sucatas junto ao órgão específico, antes que as peças sejam disponibilizadas em leilão. “Retiramos as peças para cadastramento, mas acredito que no início do ano já seja possível finalizar esse processo e realizar um novo leilão”, disse.

Com S-10 e Hilux com preço inicial de R$ 5.000,00, o leilão virtual de 89 veículos do Governo do Mato Grosso do Sul, será executado pela Casa de Leilões. Os lances presenciais serão permitidos a partir das 13h30 de sexta-feira, na sede da Associação Comercial e Industrial de Campo Grande.

Os lances via Internet podem ser ofertados através do portal da Casa de Leilões – www.casadeleiloes.com.br – onde também estão disponibilizadas imagens e informações de todos os veículos – http://www.casadeleiloes.com.br/externo/lotes/260 – além do edital original. O pregão presencial será conduzido pelo leiloeiro oficial Tarcílio Leite.

A vistoria dos bens a serem leiloados pode ser feita até quinta-feira (17) no período das 8 às 11 horas e das 13h30 às 16 horas. Os interessados pode conferir o estado de cada lote no pátio anexo à Casa de Leilões (Rua Jaboatão, 271, Sílvia Regina – a 800 metros do Aeroporto).

Estão aptos a participar dos arremates pessoas físicas e jurídicas estabelecidas ou com domicílio em qualquer parte do território brasileiro. Estão excluídos servidores ou dirigentes do quadro de pessoal do Governo do Estado do MS e membros da comissão de licitação.

Também não podem oferecer lances pessoas declaradas inidôneas perante administrações públicas federal, estadual e municipal ou que estejam suspensas do direito de licitar ou contratar com órgãos públicos (desde que o ato tenha sido publicado no Diário Oficial da União, do Estado ou do Município).

Mais detalhes sobre o pregão devem ser obtidos pessoalmente junto à equipe da Casa de Leilões pelo telefone (67) 3363-7000.

Deixe seu Comentário

Leia Também

JUSTIÇA
STF mantém obrigação de locadoras terem cota de veículos adaptados
Norma era questionada pela Confederação Nacional dos Transportes
NOTÍCIAS
Criança sob guarda deve receber mesmo tratamento que filho em plano de saúde
MEIO AMBIENTE
Números de multas e de focos de queimadas no MS já superam 2019
POLÍTICA
Brasil é vítima de desinformação sobre meio ambiente, diz Bolsonaro