Menu
Busca quarta, 02 de dezembro de 2020

Curso de dança atrai grande numero de participantes

Curso de danças gaúchas e regionais levam grande número de interessados

10 janeiro 2012 - 14h39
Divulgação (TP)

Em uma região como Ponta Porã, com fortes influências das tradições gaúchas. Bailes de galpão, clubes de laço e festas, é sempre comum a música gaúcha ser tocada a exaustão. Problemas para muitos que não sabem dançar, mas apreciam a música. Em Ponta Porã, esse problema foi resolvido para 105 casais.

A prefeitura de Ponta Porã, através da secretaria de Integração, Turismo e Desenvolvimento Sustentável, está realizando desde o final de outubro de 2011, um curso de danças tradicionais gaúchas e regionais. Uma grande oportunidade para quem esperava um dia aprender os passos e arrasar nos salões.

Para o secretário Marcelino Nunes, o objetivo do curso é levar lazer a comunidade. “Todos que gostam de baile, gostam de dançar, de arrastar o pé.

Mas muitos não sabem. Por isso, a iniciativa de trazermos para o município, um grupo de professores especializados em danças regionais. Agora esses participantes do curso já podem arrasar nos bailes que vierem por aí”, declarou.

De acordo com a coordenadora do curso em Ponta Porã, Carmen Ely, a procura pelo curso foi tão grande que o município já estuda para 2012, uma nova etapa de inscrições. “Provavelmente teremos um novo curso. Já que muita gente não participou deste grupo e a procura foi grande. Por isso vamos planejar para ver se conseguimos realizar mais um curso de dança para a população”, afirmou.

Carmen afirmou ainda que o curso será finalizado com um grande baile a ser realizado no dia 4 de fevereiro no Parque de Exposições. “Será que como se fosse uma formatura. O baile dos formandos será em dois ambientes. Com programação de 15 horas de shows, com apresentações de quatro bandas vindas de Passo Fundo. Os ingressos estão sendo vendidos pelos alunos do curso. No dia, o ingresso será vendido na portaria do parque de exposições, ao preço 15 reais”, finalizou Carmen.

Deixe seu Comentário

Leia Também

LAGUNA CARAPÃ
Caminhão que seguia para Campo grande com mais de seis toneladas de maconha foi apreendido pelo DOF
PROPINA DIFERENTE
Traficante Minotauro usou canetas de US$ 900 para pagar propina a agentes paraguaios, afirma MPF
ECONOMIA
Seis milhões de pessoas pediram empréstimo na pandemia, diz IBGE
CORONAVÍRUS
Falta de leitos de UTI coloca em risco população de Dourados, diz secretário