Menu
Busca quinta, 26 de novembro de 2020

Presidente da Câmara de Ponta Porã disse que a classe ruralista acredita no empenho do governo federal nesse caso.

Presidente da Câmara de Ponta Porã disse que a classe ruralista acredita no empenho do governo federal nesse caso.

06 janeiro 2012 - 15h44
Redação - Tião Prado

Na manhã de sexta-feira, dia 06 de janeiro, o ministro da agricultura Mendes Ribeiro Filho esteve na cidade fronteiriça de Ponta Porã para acompanhar o trabalho de fiscalização que vem sendo feito na cidade após a constatação de caso de febre aftosa em uma fazenda no Paraguai.
O presidente da Câmara de Vereadores de Ponta Porã, o vereador Dário Honório (PSDB) esteve presente na chegada do ministro a cidade e conversou com o mesmo a respeito dessa situação. O vereador disse que avalia de forma positiva o interesse da visita do ministro nessa região, uma vez que veio verificar “in loco” como é a realidade dessa região de fronteira. “ Fomos até o Posto do Aquidaban para que o ministro pudesse ver como é nossa fronteira e com o apoio dos governantes tanto federal, estadual e municipal o objetivo é evitar que essa doença venha para nosso País e apesar de ser um momento preocupante, avalio de forma positiva essa visita do ministro em nossa cidade.”

Durante sua estadia, o ministro afirmou que o governo federal dará todo apoio necessário ao governo do Estado de Mato Grosso do Sul para que se possa fazer uma “blindagem” do Estado em relação a aftosa, uma vez que conforme relato do presidente Dário Honório, a pecuária é um dos carro chefe na arrecadação de MS . “ Para se ter uma idéia, no último censo do IAGRO, existe mais ou menos 850 mil animais nos 12 municípios, portanto todo esse cuidado e preocupação é necessário”, frisou o vereador.

Como representante do povo e da classe ruralista, após a reunião no Sindicato Rural, Dário Honório teve uma conversa com o ministro Mendes Ribeiro Filho, agradecendo a sua presença e dizendo ao ministro que a classe rural acredita no empenho do governo nessa situação e que com esse suporte, os pecuaristas poderão mais uma vez, passar por cima do problema da aftosa que foi registrado em uma fazendo no Paraguai.

O Prefeito Flávio Kayatt que também acompanhou a estada do Ministro Mendes Ribeiro disse que: “Quero agradecer ministro pela sua preocupação de estar aqui pra buscar alguma solução, pois a preocupação da nossa classe produtora tanto do estado como da nossa região é muito grande devido a este problema da febre aftosa em solo Paraguaio”.

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLÍCIA
PM aprende cigarros contrabandeados
LEGISLATIVO
Projeto de Lei irá dar mais informações dos atos do poder executivo em MS
SAÚDE
Covid-19: ANTT define novas medidas para o transporte interestadual
JUSTIÇA
Indevida a cobrança de taxa de evolução da obra após fim da construção do imóvel