Menu
Busca sexta, 03 de julho de 2020
Microcefalia

Dourados registra 10 casos de microcefalia em recém-nascidos

03 dezembro 2015 - 12h19Por Fonte: riobrilhantenews
Dourados tem 10 casos notificados de crianças que nasceram no município com microcefalia, destes apenas um está sendo investigada a relação com o Zika Vírus. Os dados são Núcleo de Vigilância Epidemiológica, órgão ligado a secretaria municipal de saúde.

Das 10 crianças nascidas com a doença, uma é moradora de Ponta Porã e outra de Bela Vista. O caso em que a relação com o Zika Vírus é investigado, é o de uma mãe que afirma ter viajado para Rondônia quando estava na 15ª semana de gestação e apresentou na época febre e manchas pelo corpo.

No dia 30 de novembro, o Ministério da Saúde informou que o país tem 1.248 casos de microcefalia notificados, em 311 municípios, sendo um em Mato Grosso do Sul.

A secretaria de saúde informa que desde o dia 17 de novembro, quando o Ministério da Saúde emitiu nota informativa com os procedimentos preliminares a serem adotados para a vigilância dos casos de microcefalia no Brasil, a equipe municipal tem seguindo os critérios e notificando todos os casos de crianças nascidas a termo com perímetro cefálico igual ou menor que 33 cm.

Ainda de acordo com o Núcleo de Vigilância, os casos de microcefalias estão associados a vários fatores como: exposição à fatores teratogênicos como o uso de álcool e drogas, desnutrição materna, infecção por citomegalovírus, toxoplasmose, rubéola, fatores genéticos, entre vários outros.

A nota ainda afirma que os parâmetros adotados pelo Ministério da Saúde, para detecção dos casos, são muito sensíveis para a realidade regional, tanto que já saíram novas definições de caso e todos que foram notificados deverão ser reavaliados, segundo comunicação recebida pela Secretaria de Estado de Mato Grosso do Sul.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRANSPARÊNCIA
MS receberá mais de R$ 215,7 milhões para ações de combate ao coronavírus
NOTÍCIAS
Negado recurso para condenar pai e dois filhos por furto em fazenda
EDUCAÇÃO
MEC anuncia repasse de R$ 200 milhões para universidades e institutos
ECONOMIA
INSS prorroga antecipação do BPC e auxílio-doença até 31 de outubro