Menu
Busca sexta, 04 de dezembro de 2020

Em 2012 Kayatt deve inaugurar mais uma escola e construir um novo CEINF

Em 2012 Kayatt deve inaugurar mais uma escola e construir um novo CEINF

07 dezembro 2011 - 11h51Por Fonte: Matéria
Durante a solenidade de entrega de certificados para professores, pais e alunos, o prefeito Flávio Kayatt falou sobre os investimentos previstos para o setor educacional em 2012, o último de sua administração.

Kayatt disse que os investimentos que serão feitos visam garantir a melhoria da qualidade no ensino, passando pelas condições de trabalho para os profissionais que atuam nas escolas e creches. “Vamos inaugurar no bairro da Granja a maior escola construída nestes oito anos de mandato. Também quero aproveitar a oportunidade para dizer que estamos readequando os recursos para dar a contrapartida necessária para a construção de mais um CEINF nos mesmos moldes daquele que foi inaugurado recentemente no Ipê II”, informou, referindo-se ao CEINF Elpídio Peluffo, considerado modelo na educação infantil.

Para concretizar esta obra, Kayatt explicou que a Prefeitura precisa investir cerca de R$ 800 mil. O restante do dinheiro virá do Governo Federal.

Por sua vez, a secretária municipal de educação, Professora Leny, informou que um dos destaques para o próximo ano letivo será a ampliação do ensino integral na Rede Municipal de Ensino. Hoje, através do Programa Mais Educação, crianças matriculadas no 1° e 2° ano das escolas Dora Landolfi (Sanga Puitã) e Jardim Ivone, passam o dia todo na escola, recebendo atenção especial.


“No ano que vem estaremos atendendo as turmas de 3° ano nestas escolas e vamos introduzir o Mais Educação também na Escola Municipal Lydio Lima (Grande Marambaia)”, afirmou Leny.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
Com destaque para soja e açúcar, exportações de MS somam US$ 5,4 bilhões de janeiro a novembro
SAÚDE
Hemosul entra em estado de emergência e convoca doadores de sangue O+, A+, B+ e O-
ECONOMIA
Ministro quer aprovação do novo marco regulatório do gás este ano
PROSSEGUIR
No MS 22 municípios estão na bandeira vermelha e dois na cinza