Menu
Busca terça, 26 de março de 2019
(67) 9.9973-5413
GERAL

Em coletiva, Tereza Cristina afirma que Bolsonaro não vai admitir invasão de terra

09 novembro 2018 - 16h00Por Da redação

A deputada federal reeleita e escolhida pelo presidente da República Jair Bolsonaro para ocupar o cargo de ministra da Agricultura, Tereza Cristina, esteve hoje (9/11), na sede da Famasul e atendeu a imprensa local em seu primeiro compromisso no Estado após aceitar o convite. 

Segundo o Jornal Dourados News, a coletiva foi realizada na sede da Casa Rural. 

Tereza chegou a afirmar que as invasões de terra não serão toleradas no futuro governo.

“O presidente Bolsonaro não vai admitir invasão de qualquer tipo de movimento, seja sem terra ou indígena. A Funai é ligada ao Ministério da Justiça, por tanto, ao futuro ministro Sérgio Moro, estrutura que está sendo desenhada, e ele frisou para mim que, na segurança jurídica, não vai titubear”.

Ainda sobre o tema, Tereza pontuou;

“Aqui no nosso caso de demarcação de terras indígenas, temos as 19 condicionantes do Supremo. É um assunto recorrente que hoje não é cumprido nas instâncias inferiores da justiça. Acaba sendo judicializado, levando 20 anos ou mais para ter o caso resolvido. Todo mundo perde!”.

Tereza Cristina foi indicada pela bancada ruralista e o nome dela foi aceito pelo presidente eleito na terça-feira (9/11). 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

GERAL
Saúde de Ponta Porã recebe nova ambulância do Samu e mais dois veículos
EMPREGO
Comércio em Ponta Porã encerra fevereiro com variação de 106 postos de trabalho
NOVA POLÊMICA
Bolsonaro determina que 'golpe de 64' tenha 'comemorações devidas'
ECONOMIA
País cria 173 mil empregos, maior resultado para fevereiro desde 2014