29/07/2017 13h23

Famílias desabrigadas após incêndio buscam ajuda para recomeçar

 
 

Um descuido e em poucos minutos, mais de vinte pessoas perderam suas moradias, roupas, documentos e demais bens materiais. O incêndio que aconteceu na madrugada deste sábado (29) e destruiu sete barracos na favela "Morro do Mandela", localizada na região norte de Campo Grande, deixou mais de vinte pessoas desabrigadas, e agora elas buscam ajuda para recomeçar.

A auxiliar de limpeza Cristiane Servin Franco, 36 anos, conta que estava dormindo e só percebeu o incêndio quando foi acordada pelo marido. Os dois tiveram tempo apenas de deixar o local enquanto viam o incêndio consumir todos os pertences que tinham. Henrique

"Só ficamos com a roupa do corpo. Meu esposo tinha feito compra de comida e perdemos tudo. Tudo que trabalhamos, batalhamos para conseguir foi destruído pelo fogo", desabafou.

Cerca de 300 pessoas moram no Morro do Mandela. A situação mobilizou parte dos moradores, que fazem um mutirão de limpeza na área incendiada para que novos barracos possam ser construídos em breve. "O pessoal da comunidade vai nos ajudar a constuir de novo, mas é difícil, estamos aqui porque não temos casa".

A dona de casa Elaine da Silva, 20 anos, conta que a preocupação maior é com os dois filhos. Além do barraco em que morava com o marido e as crianças, uma de 2 anos e outra de 8 meses, ela perdeu leite, fraldas e roupas das crianças.

"Estou pedindo ajuda para todo mundo, não tenho condições de recomeçar. Falta tudo, mas o essencial são as coisas para as crianças".

Elaine relata que botijões de gás explodiram, o que aumentou a proporção do incêndio, Os moradores precisaram destruir barracos vazios para que o fogo tomasse conta de todo o local. Segundo ela, um morador de 28 anos, que é usuário de drogas, seria o responsável.

"Ele estava fumando e deixou fogo cair no colchão, e para piorar tinha uma vela. Quando começou a queimar, ele fugiu. Essa é a segunda vez que ele coloca fogo aqui, mas na primeira conseguimos controlar".

Quem quiser contribuir pode entrar em contato com algum dos moradores pelos telefones (67) 99222-9654 e (67)99244-1193.

Incêndio - O Corpo de Bombeiros informou que o incêndio começou com uma vela em um dos barracos. Foram necessários sete mil litros de água, duas equipes e 1h34 de trabalhos para conter as chamas, que se espalhavam rapidamente.

campograndenews

Anuncie | Contato | Expediente | Política de Privacidade

Este material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído. Copyright 2011 © Conesul News - Todos os direitos reservados. Desenvolvido por: Lobo Tecnologia&Internet