Menu
Busca quarta, 21 de outubro de 2020
Multa

Fazendeiro é multado em R$ 13 milhões por desmatamento ilegal

16 maio 2016 - 11h50Por Fonte: reporterms
Polícia Militar Ambiental (PMA) autuou na manhã de hoje (16) um fazendeiro de 57 anos, em R$ 13 milhões, por crime de desmatamento ilegal. Flagrante ocorreu na fazenda São Francisco, próximo a cidade de Bonito. Se condenado, infrator pode pegar até três anos de detenção.

De acordo com a PMA, policiais realizavam levantamentos sobre desmatamento de áreas que compõe as nascentes do Rio da Prata. Durante fiscalizações via GPS, em uma propriedade rural localizada a 40 quilômetros da cidade, foi flagrada uma área de 26 km de áreas lineares de drenos, totalizando área de 993 hectares.

Foi constatado que o infrator providenciou secagem no solo e desmatamento na área de 684 hectares, para o plantio agrícola. Para agravar a situação, foram construídos drenos, que são interligados aos outros em uma propriedade vizinha e que deságuam no Rio da Prata.

Em vistoria na propriedade, foram encontradas diversas degradações ambientais, inclusive, em área de olhos d’água e nascentes, que são protegidas por lei como áreas de preservação permanente. Árvores também foram removidas na áreas de nascentes. A retirada da vegetação e as valetas afetadas em fazendas vizinhas, causaram processo erosivo e a sedimentação carreada pelos drenos, prejudicando a água escoada até o rio.

Todas as irregularidades eram realizadas sem a autorização do órgão ambiental e as atividades foram interditadas, O infrator foi autuado administrativamente e multado em R$ 13 milhões. Ele também responderá por crimes ambientais de destruição de área de preservação e atividade poluidora sem autorização.

Infrator foi notificado a apresentar plano de recuperação da área. As infrações serão encaminhadas ao Ministério Público para possível abertura de ação civil para reparação de danos ambientais.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
IBGE: obesidade mais do que dobra na população com mais de 20 anos
CIDADES
MS Digital simplifica a vida do cidadão e denúncias no Procon podem ser feitas em apenas seis passos
POLÍTICA
Indicado ao STF, Kassio Nunes é sabatinado no Senado
CHAPADÃO DO SUL
Homem é preso ao manter filho da sobrinha, de 2 anos, amarrado com coleira de cachorro