Menu
Busca quarta, 28 de outubro de 2020
PMA

Fazendeiro foi autuado por exploração de aroeira e derrubada mata ciliar de córrego em R$ 55 mil

08 março 2016 - 14h20Por Fonte: noticias
Com a fiscalização realizada na tarde de ontem (7) em propriedades rurais do município de Dois Irmãos do Buriti, Policiais Militares Ambientais de Aquidauana autuaram um proprietário rural por desmatamento e exploração de madeira protegida por lei em área de preservação permanente (APP). Os policiais localizaram a área de mata ciliar de um curso d’água que havia sido desmatada em 1.500 metros por dois de largura, onde fora construída uma estrada.

Dentre a vegetação restante, a PMA localizou madeira protegida por lei sendo explorada ilegalmente. Havia postes e tocos de 50 árvores derrubadas de madeira da espécie aroeira, que tem seu corte proibido, inclusive, em desmatamentos legalizados, todos serrados em área de matas ciliares (Área de Preservação Permanente-APP) de um curso d’água que corta a propriedade. A maior parte da madeira já havia sido retirada, mas foram apreendidos sete palanques e sete firmes, totalizando 4 m³ de aroeira e um trator que era utilizado na exploração ilegal.

As atividades foram interditadas e o proprietário da fazenda, de 94 anos, que tem domicílio no centro de Dois Irmãos do Buriti foi autuado administrativamente e multado em R$ 55 mil, além de responder por crimes ambientais. Pela exploração da aroeira, a pena prevista é de um a dois anos de reclusão. Já pela destruição da mata ciliar, a pena é de um a três anos de detenção. As matas ciliares são protegidas pelo Código Florestal e só podem ser derrubadas, por interesse público, ou social, com autorização dos órgãos ambientais.

A portaria 83-N de 1991 do IBAMA proíbe o corte da “aroeira” e algumas outras espécies de madeiras nobres, sem plano de manejo, que precisa ser aprovado pelos órgãos ambientais. Inclusive, em desmatamentos autorizados, essas espécies não podem ser cortadas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CULTURA
Fundação de Cultura prorroga inscrições de três editais até segunda-feira
JUSTIÇA
Passageiro que se atrasou para check-in não tem direito a indenização
COSTA RICA
Policia Militar captura foragido da Justiça pelo crime de Estupro
CORREÇÃO
Polícia diz que se enganou e assassino de ator e os pais não foi preso