Menu
Busca terça, 07 de julho de 2020
Capital

Funcionário de hospital recolhe materiais com sangue no escuro

07 dezembro 2015 - 15h20Por Fonte: correiodoestado
Um funcionário, de 38 anos, responsável pela coleta de resíduos hospitalares da Santa Casa de Campo Grande, no período noturno, teme pela saúde desde que o hospital retirou as lâmpadas do abrigo externo de resíduos. O risco, segundo o trabalhador, é diário, mas se agravou desde que passou a trabalhar no escuro, já que no meio dos descartes existem agulhas, lâminas e diversos materiais com sangue.

O denunciante, que trabalha há quatro anos na Santa Casa e preferiu não se identificar, disse ao Portal Correio do Estado que o problema é antigo, mas se agravou devido ao fato do local estar sem iluminação. Sete pessoas trabalham na coleta, seis no período diurno e apenas ele no noturno.

Ainda segundo o trabalhador, o fato já foi comunicado à chefia de higienização, porém nada foi feito.
"Temo por minha saúde, pois o risco é muito grande. Diante da falta de interesse, só me resta apelar a mídia, para que tenham um pouco mais de consideração e respeito com os funcionários. Não importa o serviço que eu faça, acredito que também mereço respeito", diz o trabalhador.

A diretoria da Santa Casa de Campo Grande informou, por meio de nota oficial, que "em nenhum momento o colaborador entrou em contato com a chefia da higienização para buscar solução".
Na nota, foi informado que o problema estava sendo tratado pelo hospital e que refletores foram religados.

"Acreditamos que devido a forte chuva ou em qualquer outra eventualidade possa ter queimado o refletor na ocasião em que o colaborador realizou a denúncia. Reiteramos que o ocorrido já foi solucionado e que a instituição preza a qualidade e segurança dos seus funcionários", informou a Santa Casa, via assessoria de imprensa.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CRIME AMBIENTAL
Campo-grandense é autuado em R$ 5,6 mil por degradação de matas ciliares do rio Aquidauana para estada e por exploração ilegal de madeira
LEGISLATIVO
Em reunião com governador, Neno Razuk pede ampliação de leitos de UTI para Dourados
NOTÍCIAS
3ª Câmara Criminal mantém prisão preventiva de acusado de feminicídio
MS
Agência convoca substitutos de programa habitacional na Capital