Menu
Busca terça, 29 de setembro de 2020

Gabinete de Gestão Integrada de Fronteira realiza Operação em Ponta Porã

Gabinete de Gestão Integrada de Fronteira realiza Operação em Ponta Porã

11 novembro 2011 - 12h00
Divulgação

Começou nesta quinta-feira (10/11) em Ponta Porã a Operação de caráter preventivo e repressivo realizada pelo Gabinete de Gestão de Integração da Fronteira de Mato Grosso do Sul (GGIFron). O gabinete de Ponta Porã, instalado em agosto deste ano pelo secretário de Justiça e Segurança Pública, Wantuir Jacini, é o segundo em funcionamento no Estado, buscando intensificar as políticas de enfrentamento aos crimes na faixa de fronteira e fortalecer a integração entre o Brasil e o Paraguai, no combate à criminalidade.

A operação contou com efetivo das policias Federal, Rodoviária Federal, Civil e Militar, Departamento de Operações de Fronteira (DOF), Corpo de Bombeiros, integrantes do Exército Brasileiro, Ministério Público Estadual e equipes da Polícia Nacional do Paraguai.

Neste primeiro dia de operação foram realizadas abordagens à pessoas em pontos estratégicos da cidade, considerando os locais de maior concentração e maior vulnerabilidade, como é o caso da Linha Internacional entre os dois países, Brasil e Paraguai, neste caso os infratores não puderam fugir, pois estavam presentes representantes da Lei dos dois países.
A Operação seguirá até domingo, 13 de novembro, lembrando que as rodovias também estão incluídas na Operação com fiscalizações realizadas por integrantes do Exército, DOF e Polícia Rodoviária Federal e Polícia Rodoviária Estadual.

De acordo com o secretário Executivo do GGIFron, Coronel da Polícia Militar Valter Godoy Rojas, a operação será nos moldes da “Operação Presença”, deflagrada em outubro pelo GGIFron de Corumbá, no Distrito de Albuquerque. “A primeira ação realizada pelo Gabinete de Gestão de Integração da Fronteira teve saldo bastante positivo, ampliando a sensação de segurança e fortalecendo dos laços entre as instituições que integram o colegiado. A expectativa é obter resultado similar em Ponta Porã”, informou Godoy.

De acordo com Godoy, o entrosamento dos participantes e a motivação acima da expectativa serão requisitos a ser observados durante a operação. "A partir deste primeiro trabalho, veremos o que cada órgão, cada instituição, pode fazer para contribuir com a segurança pública. O entrosamento entre eles é fundamental para o sucesso da operação", explicou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ESTADO
Consumidor sul-mato-grossense tem nova chance com 8º sorteio do Nota MS Premiada
SAÚDE
Com proximidade de novo feriado, SES alerta que Covid não está controlada no Estado
ECONOMIA
Confiança dos Serviços cresce 2,9 pontos em setembro, diz FGV
O índice chegou a 87,9 pontos, em uma escala de zero a 200 pontos
POLÍTICA
Bolsonaro diz que está aberto a sugestões para recuperação da economia