Menu
Busca segunda, 21 de setembro de 2020

Gado preso que vinha do Paraguai foi abatido em Ponta Porã

Gado preso que vinha do Paraguai foi abatido em Ponta Porã

25 janeiro 2012 - 10h03
G1 MS

Os técnicos do Ministério da Agricultura acompanharam o abate dos animais na terça-feira (24) no frigorífico em Ponta Porã, em Mato Grosso do Sul. O comércio de animais entre os dois países está proibido desde que o governo paraguaio identificou focos de febre aftosa, no início do mês.

Segundo os fiscais sanitários, o gado não apresentou sinais de contaminação da doença. Os animais foram apreendidos pelo DOF, Departamento de Operações de Fronteira, na manhã de segunda-feira (23), quando eram transportados clandestinamente do departamento de Amambay, no Paraguai, para a cidade de Coronel Sapucaia, em Mato Grosso do Sul.

Em depoimento à polícia, o motorista contou que levaria os animais contrabandeados para uma propriedade rural no município de Coronel Sapucaia. A polícia já sabe que quem comprou o gado foi um fazendeiro que não teve a identidade revelada. Ainda esta semana ele deve ser chamado para prestar esclarecimentos na delegacia.

Desde o início do ano, quando as autoridades paraguaias confirmaram o foco de febre aftosa no departamento de San Pedro, as polícias e as Forças Armadas brasileiras reforçam a fiscalização da vigilância sanitária animal em toda a faixa de fronteira. Nessas três semanas, foram feitos dois flagrantes de transporte clandestino de gado entre o Paraguai e o Brasil.

O motorista do caminhão, que é brasileiro, responderá pelo crime de contrabando e também será multado pela Agência de Defesa Animal de Mato Grosso do Sul.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CASSILÂNDIA
Polícia prende bandidos e impede assalto que ocorreria em agência bancária de MS nesta segunda-feira
ÁGUA CLARA
PRF apreende 631 Kg de maconha
JUSTIÇA
Barroso: ceticismo com mudança climática é obstáculo a ser superado
BRASIL
Governo lança cartilha para crianças com autismo