Menu
Busca domingo, 25 de outubro de 2020
Política

Gestores municipais recebem capacitação sobre Programa Bolsa Família

25 fevereiro 2016 - 13h22Por Fonte: noticias
Em busca do aprimoramento na execução do Programa Bolsa Família, a Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast) realiza nesta quinta-feira (25), das 8h às 17h, a II Oficina Intersetorial do Programa Bolsa Família para técnicos municipais da Assistência Social, Saúde e Educação, no Centro de Convenções Rubens Gil de Camilo.

O superintendente da Política de Assistência Social, Sérgio Wanderly destacou o divisor de águas na área social que o Bolsa Família representa em todo o País. “Esse programa chama atenção pela transformação que fez no Brasil. Foi um divisor de águas para a Assistência Social, pois tirou muitos da miséria extrema e deu o direito de escolha para muitas famílias. Essa capacitação vai instruir o gestor que fica na ponta do atendimento ao beneficiário”, disse o superintendente.

A Oficina acontece em conjunto com as Secretarias de Estado de Educação, Saúde, Caixa Econômica Federal e Sedhast. O objetivo é instrumentalizar os trabalhadores da Saúde, Educação e Assistência Social, responsáveis pela execução das ações do Programa Bolsa Família, de forma intersetorial, proporcionando a atualização de seus conhecimentos. Na oportunidade, será elaborado o Plano de Ação Intersetorial, com implementação prevista para 2016.

O coordenador adjunto da Coordenação da Educação do Campo do Ministério da Educação (MEC), Alexandre Juarez Furtado dos Santos, vai apresentar aos gestores painel com o Censo Inep 2015 para demonstração da situação atual do Programa em Mato Grosso do Sul. “Com o painel será possível analisar a atual situação do Bolsa Família e assim sabermos onde podemos melhorar”, ressaltou o coordenador.

A secretária de Estado de Educação, Maria Cecília Amendola da Mota, citou o planejamento como ponto chave na execução dos trabalhos. “Acredito muito no planejamento em todo o trabalho de equipe, pois erramos menos. Infelizmente ainda precisamos de programas compensatórios, como o Bolsa Família. O ideal seria que não precisássemos mais e que cada cidadão pudesse ter um rendimento próprio. Por isso, a capacitação é muito importante para a qualidade na execução”, disse a secretária.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PANDEMIA
Com novos testes positivos, casos de Covid-19 continuam crescendo em todo o MS
TRÁFICO
Motorista de guincho suspeita de contratante, aciona polícia e droga é encontrada dentro de carro em MS
SERVIDOR
Sonho que virou realidade, piloto da PM tem orgulho em servir a sociedade
CRIME AMBIENTAL
Polícia Militar Ambiental de Mundo Novo localiza e autua um pescador e autuará outro que divulgaram vídeo e fotos nas redes sociais praticando pesca predatória