Menu
Busca domingo, 21 de julho de 2019
MS

Governador sanciona Programa de Desligamento Voluntário

16 abril 2019 - 10h45Por Da Redação

Aprovado pela ALMS (Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul), em Campo Grande, o Programa de Desligamento Voluntário (PDV) foi sancionado pelo governador Reinaldo Azambuja e publicado nesta terça-feira (16/4), no Diário Oficial do Estado.

O PDV é uma alternativa para os servidores que não se adequarem à restituição da jornada normal de trabalho, de 8 horas, que terá início no dia 1º de julho. De acordo com o texto, os servidores interessados deverão fazer os pedidos de adesão e caberá ao secretário de Estado de Administração e Desburocratização, Roberto Hashioka, analisar as solicitações no prazo de 45 dias úteis.

O servidor que aderir terá direito a receber o equivalente a uma remuneração mensal para cada ano trabalhado, além de uma bonificação de 30%. O pagamento será parcelado, com depósito em conta, sempre na mesma data de vencimento dos servidores.

Ao longo do mês de março, PDV e a restituição da jornada normal de trabalho foram apresentados pela SAD a todas as categorias de servidores.

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLÍTICA
Delegado que pediu perseguição de índios de MS é nomeado presidente da Funai
ESPORTE
Gabriel Medina é campeão da etapa sul-africana do mundial de surfe
POLÍCIA
Decreto traz regras que asseguram atendimento integral à saúde da militar gestante e do bebê
POLÍTICA
Reinaldo Azambuja participa do lançamento da licitação da ponte em Porto Murtinho